quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Novo livro derruba 36 argumentos para existência de deus

Uma ateia em missão de paz. É assim que Rebecca Goldstein, doutora em filosofia pela Universidade de Princeton e pesquisadora na área de psicologia em Harvard (EUA), se posiciona nas discussões, sempre acaloradas, entre ateus e religiosos.


Em seu novo livro, 36 Argumentos Para a Existência de Deus (Companhia das Letras, tradução de George Schlesinger, 536 páginas, 59 reais), Rebecca faz uma crítica ao radicalismo de ambos os lados. E um convite à conciliação. "Ateus têm que deixar o pedantismo de lado e parar de dizer como os religiosos devem pensar", diz, "E religiosos têm que parar de pensar que ateus são imorais e não sabem a diferença entre o bem e o mal."

Mistura de romance, ensaio filosófico e divulgação científica, 36 Argumentos... é uma saborosa provocação - para crentes e descrentes - dividida em duas partes. Na primeira, conta a história do "ateu com alma" Cass Seltzer, um psicólogo subitamente famoso por causa de um livro em que refuta... 36 argumentos sobre a existência de Deus. Ao final da aventura de Seltzer, que inclui experiências transcendentais, um apêndice reúne os 36 argumentos e os desmonta, um a um, com base em razões da biologia, astronomia, geologia, matemática, filosofia...


A tensão entre a parte ficcional e os argumentos científicos faz de 36 Argumentos... uma divertida cilada para fanáticos de ambos os lados. "Incluí os aspectos emocionais da discussão filosófica no formato de romance para servir de contraste ao apêndice", diz Rebecca. "Ao final de tudo, uma nova visão pode emergir do encontro entre esses dois lados antagônicos."

Confira aqui a entrevista de Rebecca Goldstein ao site da Veja.

Sinopse

Cass Seltzer é um professor mediano de psicologia da religião numa universidade de segunda categoria. Porém seu primeiro livro é um sucesso editorial e de vendas que lhe trouxe alguns belos dividendos: status intelectual, dinheiro, as atenções de uma famosa acadêmica, expert em teoria dos jogos, e uma proposta de emprego irrecusável em Harvard. Cass ganhou o apelido de “ateísta com alma”, pois, apesar de derrubar em seu livro um por um dos 36 argumentos a favor da existência de Deus, ele demonstrou notável conhecimento da essência da experiência religiosa e espiritual.

Rebecca Goldstein tece uma bem urdida trama de recordações, reflexões filosóficas e conceitos matemáticos apresentados com clareza, além de detalhar ricamente a vida dos personagens que circundam o protagonista. São 36 capítulos (não por acaso) e, no final do livro, temos os 36 argumentos que constituíam o apêndice original do livro de Cass Seltzer.

Fonte:
Veja

Um comentário:

  1. Venhamos e convenhamos. Que tipo de homem procura uma instituição que o proíbe de ter mulher, de ter uma família, enfim, que o proíbe de ser um homem normal ? Acertou quem respondeu que é um homem de fé inabalável. Mas, entre muitos que procuram essa instituição, estão também o gay enrustido que quer justificar sua vida sem mulher dizendo-se um sacerdote.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons