Últimas


quinta-feira, 4 de junho de 2020

20:54

Cadê a toalinha? Pastor Valdemiro Santiago deve R$20 milhões em aluguel para emissora de TV

Quem diria que o abençoado pastor Valdemiro Santiago, líder evangélico e fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, estaria sendo testado pelo deus que tanto o ajudou a enriquecer?


Segundo o colunista da Veja, João Batista Jr, o pastor está há três meses sem pagar o aluguel referente ao horário em que transmite seu programa na TV-Ideal. O aluguel, que permite a transmissão dos programas da igreja durante 20 horas diárias, custa 8 milhões de reais por mês.

Veja também: Igreja Mundial lança o “Martelo da Justiça” que pode acabar com seus problemas por apenas R$ 1 mil em doações

Não é a primeira vez esse ano que Valdemiro vira notícia por conta das dividas. Recentemente, o pastor culpou o, como ele diz, "Exu Corona" pelo atraso no pagamento dos alugueres de algumas sedes de templos espalhados pelo Brasil. Nesta ocasião, o pastor criou a sua maior vigarice: vender sementes de feijão por uma oferta simbólica de mil reais. Também foi garoto propaganda de uma empresa que vende colchões. 

O próprio Valdemiro já vem pedindo "ofertas emergenciais" desde 2019. E não é segredo para ninguém que as igrejas evangélicas vêm acumulando dívida nos últimos anos.

Onde estará a toalinha milagrosa? 

O que será que está causando esse problema financeiro na vida de um homem tão abençoado como o digníssimo apostolo? Falta de fé? Qualquer um que fosse perguntar a ele o motivo, com certeza receberia essa indagação como explicação.

Mas ainda bem que a Igreja Mundial do Poder de Deus comercializa a solução para esse problema. Basta o pastor pegar a Toalinha Milagrosa e esfregar na porta da emissora e das imobiliárias para que a dívida suma. Como sabemos, Jesus paga as dívidas de quem compra a toalinha e tem fé. Para quem não se recorda, esse foi o testemunho de um fiel que explicou como liquidar suas dívidas:


E você? Já comprou a sua toalinha? Não espere pelo apocalipse.

quinta-feira, 21 de maio de 2020

19:31

Igrejas querem retomar cultos apenas para faturar

Temos acompanhado noticias sobre a pressão de algumas igrejas pedindo que o culto religioso seja incluído nas listas de atividades essenciais, alegando que a prática tratá-se de um direito inalienável de todos nós.

O culto não deveria ser tratado como atividade essencial nem em condições normais de convívio, quem dirá em momentos em que o isolamento social se faz tão necessário. Na minha opinião, a prática torpe de amontoar pessoas para idolatrar ilusões é tão necessário e útil quanto aplaudir o pôr-do-sol.


Acontece que, para a maioria das instituições religiosas cristãs do Brasil, a prática de reunir pessoas e extrair seus bens em forma de dízimos e ofertas é o que sustenta seu funcionamento e, consequentemente, os luxos e extravagâncias de seus lideres. Quando determinada a interrupção destas atividades, parte das instituições veem seu faturamento cair de forma que é preciso se reinventar para continuar enganando o povo.

Alguns até tentaram com lives e "drive thru de bençãos", mas como ameaçar o povo com o sofrimento eterno de forma não presencial é menos efetivo, o líder religioso, ganancioso, não pensa duas vezes em colocar a vida dos fieis em risco. Alguns até ameaçaram a família de um prefeito para obrigá-lo a reconsiderar a abertura das igrejas evangélicas.

Pressionado, o prefeito de Porto Alegre (RS), Nelson Marchezan Junior, chegou a mesma conclusão que descrevi acima. Ele declarou que a igreja só pleiteia a reabertura das igrejas porque deseja faturar. A reza não é o foco, o que não é segredo para ninguém.

Segundo o prefeito, “Uma estrutura de comunicação liderada por igrejas tem feito isso de forma absolutamente sem pudor, sem moral, e sem nenhum princípio de religião que pudesse orientar a população a se ‘religar’ com algo espiritual. Eu registro isso porque, neste momento, ter que me preocupar com isso, buscar ações judiciais para proteger minha família e meu nome, é uma preocupação inadequada e injusta, por um motivo torpe, que é reunir pessoas para faturar, só pode ser essa a explicação”, declarou.

Aparentemente, a pressão surtiu efeito.



Recentemente, o prefeito flexibilizou o isolamento e retomou algumas atividades, dentre elas o culto religioso. Atitude essa que dá motivos para acreditarmos que a influência das igrejas evangélicas está radicada na politica. Com poder suficiente para decidir se o povo caminhará ou não para a morte.

As igrejas não ligam para os fieis. Só ligam para o dízimo. Isso ficou muito claro na pandemia. 

Você concorda com a retomada dessa atividade nesse momento? Discorda da retomada em qualquer momento? Deixe sua opinião nos comentários.

terça-feira, 19 de maio de 2020

16:03

Com queda nos dízimos, Valdemiro Santiago arruma emprego e vira garoto-propaganda

Valdemiro Santiago, diante da crise atual que causou uma queda considerável no defraude de dízimo e ofertas, encontrou uma maneira (um pouco mais digna) de ganhar dinheiro enquanto os dizimistas estão isolados ou perdendo renda.

O pastor agora é garoto-propaganda da marca de colchões Sono Quality e passou a indicar o produto para seus fiéis durante as lives dos cultos.


Embora eu esteja surpreendido pela iniciativa do pastor em começar a vender coisas que ele realmente pode entregar (diferente das picaretagens habituais como salvação, milagres, bençãos, etc) não vi novidade na forma em que ele propõe a compra do produto, dando a entender que é abençoado como tudo que traz dinheiro para igreja. "Olha o que deus faz na vida das pessoas. Ele vai dar condições para você ter um também.", diz o pastor durante o comercial.

Ele termina a propaganda dizendo que o produto é uma "dádiva" de deus, mas aparentemente não sabe muito bem o que significa isso, visto que só receberá o produto quem pagar. É mais uma dádiva que deus irá te prover por um precinho que cabe no seu orçamento.

Veja o vídeo:


A empresa responsável pelos colchões, sabendo da capacidade de Valdemiro em vender até ilusão pra gente inocente, investiu na imagem do pastor neopentecostal para aumentar a visibilidade da marca o que, aparentemente, tem funcionado bem. Diversas pessoas tem comentado nas redes sobre a nova atribuição do pastor, mesmo que de forma negativa. É o velho "falem mal, mas falem de mim".

Essa nova artimanha para levantar recursos dá evidências de que a industria da fé não está nada boa para os falsos profetas. A crise atual escancarou para o mundo como esses charlatões milionários da igreja evangélica neopentecostal não possuem qualquer benção divina, já que o deus de sua religião não poupou da crise nem seus principais representantes.

E você? Compraria algo oferecido por esse pastor? A empresa está denegrindo a própria imagem ao vincular sua marca a um reconhecido charlatão? Deixe sua opinião nos comentários.

quinta-feira, 14 de maio de 2020

19:33

Exemplos de como a religião presta desserviço no combate ao coronavírus

Não é novidade para nós que a religião presta desserviço em praticamente todas as áreas em que se intromete. Cheguei a ficar em dúvida se realmente seria necessário criar uma postagem para falar disso.

Acabei concluindo que, nesse caso específico, poderá ser de grande ajuda expor, de forma praticamente ilustrada, como o desserviço está mais explícito quando o assunto é o combate ao coronavírus.


Essa postagem servirá como uma coletânea dos trambiques que as igrejas vêm praticando para disseminar a desinformação e ganhar mais fiéis com o caos gerado pela pandemia.

Dessa forma, ficará claro para todos que o comportamento de pastores e instituições religiosas colocam em risco a vida de quem frequenta esses lugares e a vida dos próprios organizadores.

Para ler as notícias na integra, basta clicar sobre as imagens das chamadas.







Tentarei atualizar essa página sempre que houver novas notícias.

quarta-feira, 13 de maio de 2020

20:43

'Bem feito vir o coronavírus' comemora pastor em rede social

Pastor da cidade de Santo Antônio de Jesus, Bahia, grava vídeo agradecendo pelos casos de coronavírus e diz: 'Bem feito vir o coronavírus, para que esses cornos venham se converter a Jesus'.


O nome do abençoado é Gilberto Passos. Ele faz parte da Igreja Caminho ao Deus Vivo (ICDV).

"Obrigado, Jesus. Aumenta mais o corona mesmo. Importante porque só assim essas desgraças desse pessoal se conserta, deixa o pecado, se converte em Jesus Cristo”


É exatamente por esse o tipo de atitude que devemos combater com urgência a ascensão da igreja evangélica. Milhões de pessoas no Brasil são expostas a esse tipo de pensamento ao aceitarem participar de templos e igrejas, onde acabam sendo manipuladas.

Percebam que, para ele, não importa se pessoas morrerem em decorrência da doença desde que o resto do mundo se entregue a idolatria do seu amigo imaginário. Estão cada vez mais parecidos com o Estado Islâmico.


Não é só uma fala mal colocada. Uma frase fora de contexto. É a essência do pensamento negacionista e o retrato da antipatia colocada na cabeça de pessoas humildes e inocentes que são atraídas para esses grupos iludidas pelas falsas promessas.

Pastores picaretas estão ganhando espaço na mídia, na politica e no nosso cotidiano. Não podemos permitir que se tornem ainda mais fortes.

domingo, 10 de maio de 2020

20:22

Cristãos reagem com ódio à ordenação da primeira reverenda trans da América Latina

Em janeiro de 2020, a Igreja da Comunidade Metropolitana (ICM) realizou a ordenação da primeira reverenda trans da América Latina. Alexya Salvador (professora, vice presidente da ABRAFH, ativista LGBTQIA+ e militante pelo PSOL) passou a fazer parte do corpo pastoral da igreja na unidade de Mairiporã-SP.

O evento foi mais uma oportunidade para que parte da comunidade cristã mostrasse seu "amor ao próximo" e como o cristianismo está longe de poder ser usado como bússola moral para uma sociedade evoluída.

Em todas as postagens e páginas que trataram do assunto, podemos encontrar enxurradas de comentários que deixariam até Satanás encabulado.

Separamos alguns deles e aproveitamos para reforçar a ideia de que o cristianismo não pode se tornar uma força sem controle em nosso país, visto que o delírio da crença unido ao discurso de ódio contra minorias pregado por pastores, padres e representantes religiosos, podem desencadear um massacre em nome de deus, como diversas vezes vimos ocorrer na história da humanidade.

Pegue seu saco de vômito.











Quem está mais errado?

É o caso claro da discussão em que ambos os lados estão errados ao meu ver. Não conheço o trabalho da Alexya Salvador, mas pelo que percebo ser o ativismo LGBTQIA+, seus integrantes deveriam ser contra qualquer organização que tem a óbvia intenção de perseguir representantes dessa comunidade. Porém, entendo que estando "infiltrada", fica muito mais fácil expor seus pontos de vista e lutar a favor do que defende.

Do outro lado, os cristãos não surpreendem e continuam apenas fazendo cristianisses: dizendo que sua religião prega a paz, mas destila ódio e intolerância para defender um suposto desejo de um amigo imaginário.

Você acha que a reverenda está certa em ser representante de uma religião que não a aceita? Não vou perguntar se os cristãos estão certos em não admitir porque, naturalmente, não estão.

Deixe sua opinião nos comentários.

sábado, 14 de setembro de 2019

21:07

Vergonha Alheia #2: Os piores da semana

Dando continuidade ao trabalho sujo que é expor comentários que deveriam ficar apenas no submundo da internet.


1. Então, segundo a bíblia, parece que temos um presidente cheio de bosta no coração. Silas Malafaia deve ter uma drag queen no dele. E os pastores, em sua maioria, estão cheios do demônio.

2. Quando falo que esse povo doido está apenas esperando a oportunidade certa para colocar em prática os ensinamentos da bíblia muitos acham exagero. Há menos de dois anos atrás, defender tortura era inadmissível. Chicotear negros acorrentados era coisa do século XVIII. Hoje estamos vendo do que são capazes os cristãos defensores da moral e bons costumes.

3. Esse aprendeu com o padre.

4. Estranho que eu to ridicularizando a religião cristã há uns 10 anos mais ou menos e to de boa aqui. E vejo cristão fervoroso em condições lamentáveis. Que lógica é essa de deus?

5. Amém senhor, glória pai, nossa senhora, Jesus amado, tenha piedade desses ateus que enfiam o ateísmo em tudo. Graças a deus esse abençoado abriu meus olhos. Mudarei em nome de Jesus. Agora vai com deus e que deus te acompanhe. Aleluia.