domingo, 8 de maio de 2011

Campanha ateísta sofre censura no Brasil

Cartazes veiculando a idéia do ateísmo, criados pela organização Atea (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos), para combater o preconceito àqueles que preferem não ter nenhuma religião foram censurados. Eles circulariam pelos ônibus de Salvador e Porto Alegre.


A própria empresa contratada pela Atea para a divulgação dos cartazes foi quem barrou a circulação deles. Segundo a empresa, isso aconteceu em Salvador porque eles acreditavam que o estado e os empresários responsáveis pelas linhas de ônibus poderiam não concordar com a divulgação das peças. Agora a Atea afirma que está estudando possíveis recursos contra a empresa.

Já em Porto Alegre, a situação foi outra. A Agência de Transportes Públicos vetou os cartazes porque eles veiculariam mensagem de conteúdo religioso e isso não era permitido por lei.

A mensagem dos cartazes, basicamente, é que ter religião não define seu caráter. Uma das mais marcantes é a de Charles Chaplin e Adolf Hitler, mostrando que o primeiro era ateu enquanto o segundo era religioso.

Segundo a Atea a idéia não é “converter” as pessoas ao ateísmo, mas buscar uma igualdade, fugir do preconceito que existe contra aqueles que preferem não seguir nenhuma religião.

A idéia da campanha surgiu após o “ataque” do apresentador José Luiz Datena contra os ateus em seu programa.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, o presidente da Atea, Daniel Sottomaior, afirmou que as peças não são ofensivas e que censura reforça o preconceito contra os ateus. Além de Salvador, as peças também foram vetadas em São Paulo e Porto Alegre. A Atea vai recorrer na Justiça.

Confira os outros cartazes:


"A fé não dá respostas. Só impede perguntas."

Essa mensagem contém mais do que parece à primeira vista. É a única em que a crítica ao pensamento religioso parece estar em primeiro plano, o que é reforçado pela imagem sugerindo que a fé é uma prisão. Mas a frase se opõe ao preconceito que emana da fé. Ele é reforçado diariamente nas igrejas com as declarações de padres e pastores, cardeais e papas. A nova versão internacional da bíblia contém 298 versículos citando a palavra ímpio, mostrando que é um assunto recorrente. Ali os ateus são descritos como a epítome da maldade e naturalmente todos são instados a se afastarem deles. É por fé que os religiosos sustentam a veracidade desses textos, e é por fé que reproduzem esses comportamentos. Portanto, a crítica à fé é condição necessária para desmontar o preconceito que ela alimenta. É a fé que impede perguntas fundamentais como "meu livro sagrado descreve os ateus como maus; isso será mesmo verdade?"


"Somos todos ateus com os deuses dos outros"

O preconceito só existe enquanto se vê o outro como inferior. Apontar as semelhanças que temos, portanto, é um meio eficaz de destruir essa lógica. A peça mostra de maneira clara que ateus e monoteístas compartilham da mesma descrença com relação à imensa parte dos deuses, e divergem somente a respeito de um deles. Quando um teísta percebe que também enxerga quase todas as divindades como mitos, ele pode com mais facilidade se colocar no lugar de um ateu, e vê-lo como igual. Ao mesmo tempo, o contexto do anúncio coloca todos os deuses em pé de igualdade, sugerindo que todos eles são criações humanas.


"Se deus existe, tudo é permitido"

A frase é uma contraposição à ideia muito popular de que a moralidade é impossível, inexistente ou sem sentido em um mundo sem divindades. Conjugada à imagem, ela aponta que a existência de divindades não cria automaticamente uma moral absoluta porque, assim como existe uma infinidade de deuses, vários deles "únicos", cada um deles vem com seu próprio sistema moral absoluto - e são todos diferentes entre si. Mesmo entre os que concordam com a existência de um mesmo deus, existe enorme multiplicidade de interpretações sobre o que é moral ou não.

O avião se chocando com o World Trade Center não significa que todos os muçulmanos ou que todos os religiosos são homicidas-suicidas, mas que a existência de um ou mais deuses traz consigo tantas visões morais diferentes que sempre é possível achar alguma que justifique aquilo que se deseja. Poderíamos ter usado uma imagem de tortura da Santa Inquisição, descrições das Cruzadas, afirmações da igreja católica contra o direito ao divórcio ou contra o uso de preservativos e o planejamento familiar, ou qualquer outra insanidade que vem de um imperativo religioso, mas a queda das torres gêmeas traduz a mensagem de uma maneira visual mais apropriada para o veículo em questão.

Abaixo um video do com sua opinião sobre o caso:



Fonte:
hypescience.com
Youtube.com/user/DanielFragaBR
Correio24horas.com.br
ATEA

E você leitor? Acha justa esta forma de censurar o pensamento realista?

14 comentários:

  1. nao sei pq fica enchedo o saco pra ser ateu...até parecem aqueles protestantes chatos que batem a nossa porta domingo de manha.

    ResponderExcluir
  2. HAHA, engraçado que quando os evangélicos chamam gays de pecadores é " liberdade de expressão " e quando ateus fazem essa campanha é censurada.

    Hipocrisia é foda :)

    ResponderExcluir
  3. MUITO INTERESSANTE

    COLOCAR JESUS DO LADO DE: UM "DEUS" QUE MANDA SACRIFICAR CRIANÇAS E OUTRO(A) QUE MANDA AS PESSOAS PAGAREM PENETÊNCIAS MAIS TERRÍVEIS E IMUNDAS POSSÍVEIS PRATICAR ATE MSM CANIBALISMO. (coloquem no youtube: hinduism e canibalismo)

    ¬¬

    SE HITLER ACREDITASSE EM DEUS NO MÍNIMO ELE NAO LEU A PASSAGEM BIBLICA: "NAO MATARÁS"

    ATEUS SÃO IGNORANTES TANTO QUANTOS CRISTÃO MANIPULADOS POR HOMENS, CRISTÃO QUE NÃO LÊEM A BÍBLIA PORTANTO NÃO SEGUEM O AMOR MAIOR, QUE VAI ALÉM DE QUALQUER COISA, PREGADO POR CRISTO.

    NADA DISSO É IMPORTANTE, SO EXISTE UM DEUS, UM CRIADOR QUE NOS AMOU PRIMEIRO.

    DEUS ABENÇOE A TODOS.
    AMEM.

    ResponderExcluir
  4. tem graça que em muitas pesquisas que se fizeram foi comprovado que os ateus sabem mais sobre religiões do que os próprios religiosos . e já agora pkrauser não escrevas exclusivamente em caps lock é tão feio fazer isso

    ResponderExcluir
  5. Ateus têm mais fé que muitos ditos crentes. Ou alguém combate e luta contra alguém que não existe??? Não existem ateus, e sim revoltados por ainda não conhecerem a Deus melhor, tanto que muitos se convertem ao conhecê-lo melhor...

    ResponderExcluir
  6. 1º=Charlinho : ninguem está querendo influenciar alguem a se tornar um ateu,e sim parar com o preconceito que existe para com os ateus

    2ºPkrauser : não seja um imbecil qualquer que fica escrevendo comentários tão toscos que me dão vontade de rir litros.
    no seu comentário você descreveu que tal deus enviava ordem para praticar canibalismo certo????
    so que uma coisa que você não deve saber e sobre a época negra do cristianismo no qual um bispo tinha a vida e a morte nas suas mãos.se uma pessoa praticava a arte da ciência adivinha o que acontecia????acho que você deve ser tão ignorante que não deve saber.ACONTECIA QUE OS CAVALEIROS DO VATICANO SE DIRIGIAM ATÉ O LOCAL E ELIMINAVAM O INDIVIDUO QUE ESTAVA ESTUDANDO!!!!!!!!
    Talvez você nem saiba o que foi a Cruzada na qual o vaticano passava por cidades e mais cidades a procura de homens dispostos a morrer em nome de DEUS para invadir e dominar uma outra cidade que o vaticano não tinha poder.
    Até onde vai a sua santa ignorância PKRAUSER.
    Ateus são ignorantes?????DEIXE VOCÊ DE SER IGNORANTE MEU CARO IMBECIL,VOCÊ ANDA DE CARRO PORQUE ALGUEM ESTUDOU A CIÊNCIA E INVENTOU O CARRO,VOCÊ TEM A LÂMPADA ELÉTRICA ILUMINANDO A SUA CASA PORQUE THOMAS EDISON ERA UM GRANDE ATEU E UM DOS MAIORES CIENTISTAS QUE O MUNDO TEVE.SE VOCÊ SE DIZ TÃO CRENTE DO SEU DEUS ABANDONE SEUS BENS MATERIAIS,CORTE SUA LUZ,QUEBRE SEU CELULAR E DESLIGUE A MERDA DA SUA INTERNET POIS ELA NÃO VALE NADA PARA VOCÊ.
    Graças a ciência eu fui capaz de conviver com meu pai que era portador de câncer em estagio avançado por 6 meses.
    O mais interessante nessa historia toda e que o vaticano e contra a ciência,só que não da para entender o porque eles usam esse tipo de ciência todos os dias em todas as horas.Se são tão contra a ciência ao invés de usarem lâmpadas em igreja usem velas,se são totalmente contra a tudo que e relacionado a ciência então não usem a porcaria da ciência.
    Antes de falar alguma coisa da sua religião primeiramente estude e procure saber o que o vaticano fez com as pessoas.

    3º= Maninho : ateus existem sim,são pessoas que querem ultrapassar os limites dos mapas.São pessoas diferentes dos seguidores de DEUS ou qualquer um outro tipo de ser superior que tudo vê e tudo pode.Ateus acreditam no que pode ser comprovado na teoria,na experiência e principalmente no que se poder ver e sentir.
    Só concordo com uma palavra no seu comentário e a palavra REVOLTADOS.
    Sim,somos revoltados por sermos alvo de discriminação seja da imprensa como acontece muito com o apresentador JOSE LUIZ DATENA que faz enquetes ao vivo de que tal pessoa fez isso e não tem JESUS no coração,e tambem sofremos discriminação de até mesmo amigos e no meu caso até de minha propria mãe me discrimina tambem por não acreditar em um ser superior.
    A discriminação que Ateus sofrem não e muito diferente da discriminação que negros e homossexuais sofrem

    ResponderExcluir
  7. Concordo com cada palavra que o Jocimar falou! Religiosos são cegos, falam o que não sabem, tudo com uma desculpa metendo DEUS no meio. O dinheirinho que entra no seu bolso foi DEUS que colocou? Não, foi você que trabalhou, suou e deu duro pra ganhar. Já que você fala que deus é tão solidário com você, ele deve gastar toda a sua solidariedade com você, pois existem MILHARES, eu repito MILHARES de famílias passando FOME, SEDE e outras coisas horríveis na ÁFRICA. Porque o seu tão querido deus não faz algo sobre isso? Ou ele prefere colocar dinheiro e mordomias a vida dos cristão que ele acaba esquecendo os outros. Deixem de ser CEGOS e tão IMBECIS! VÃO ESTUDAR e parem de ouvir as baboseiras que seu pastor (que como todos os outros pastores falam, já matou, já estuprou, já usou drogas) sempre fala

    ResponderExcluir
  8. Sério mesmo que alguém acredita que só ateus são responsáveis pelos avanços científicos no mundo? Que ter religião significa não ter questionamentos de como as coisas funcionam ou de como melhorar nossas vidas? Falta de conhecimento é um problema mesmo. Ateus fanáticos são tão errados quanto religiosos fanáticos. Existe gente inteligente, boa e caridosa dos dois lados; assim como existe gente burra, ruim e egoísta. Generalizar é um dos grandes males do ser-humano. Já ouviu falar de Lois Pasteur? Então devia procurar saber quem é. E ele é só um exemplo de um cientista teísta que contribuiu demais pra evolução do mundo onde a gente vive.

    ResponderExcluir
  9. “Há duas maneiras de viver uma vida: A primeira é pensar que nada é um milagre, a segunda é pensar que tudo é um milagre. Do que estou seguro é que Deus existe.” (Albert Einstein).

    ResponderExcluir
  10. Bom cada um tem o direito de se expressar, e os ateus tambem. Não estamos batendo a porta de sua casa, apenas apresentando nossas convicções e idéias, e fica a cardo de cada um ler e relevar ou ignorar. Por que da censura?

    ResponderExcluir
  11. Quando eu era criança tinha uma cruz cristã na sala de aula, mas eu percebi que a maioria dos alunos que frequentavam a instituição não eram daquela religião. Tinham espíritas, umbandistas, judeus e até um menino muçulmano. Eu perguntei ao professor, qual o motivo disso, uma vez que o estado é ou deveria ser imparcial quanto a religião, que é conhecido como laico. Se é assim, por qual motivo tantas instituições publicas, tinham símbolos católicos? Resultado: fiquei de castigo na sala da diretora... E dali para frente passei a ser discriminado por causa disso. Depois de muitos dissabores ao longo da minha adolescência, quando eu tive minha primeira filha percebi algo ainda mais grave, eu resolvi que não iria batizar minha filha, por um simples motivo. Eu nunca frequentei a igreja, então logicamente, não me considerava católico, mas como meus sogros e minha esposa (na época) também não eram de ir a igreja eu achei que teria algum apoio com relação a minha decisão. Contudo eles quase surtaram, diziam que isso era um absurdo, embora eu tentasse explicar que absurda era a decisão de sustentar uma farsa. Quando eu disse que eu nunca vi ninguém ir a uma igreja, e nem sequer tinha visto alguém naquela casa rezar, eles se disseram católicos "não praticantes". O que seria um católico não praticante eu disse a eles? Eu continuei a frase assim: O que seria um celibatário não praticante? ou, o que seria um heterosexual não praticante? ou um vegetariano não praticante? Seja lá o que for isso, não me parece muito verdadeiro. Eu prefiro que minha filha possa escolher o que quer ser quando crescer. Conclusão; contra a minha vontade, todos se organizaram para fazer isso sem o meu consentimento. Isso é uma loucura! Eu depois argumentei... e se eu fosse um budista? Aí eles responderam. Ah então tudo bem, se você fosse budista nós não teríamos feito isso. Todavia, pelo simples fato de eu não ter nenhuma religião, isso me tornava uma pessoa má! Esse é o raciocínio da maior parte dos "religiosos", pois se você é, por exemplo, um "católico", mesmo que nunca tenha ido a uma igreja na vida então tudo bem, mas se você diz a palavrinha mágica ATEU... então fudeu... Você não se encaixa, não é um igual! Tem que ser convertido, se não der é combatido e então destruído. Uma destruição que pode ser moral, emocional ou mesmo física. Então se os religiosos podem ostentar seus badulaques pela cidade toda, porque quem não é religioso, é censurado só porque fez uma propaganda para acabar com o preconceito contra eles? Uma coisa é certa quanto ao fanatismo, ele tira o raciocínio e emburrece o mais inteligente dos seres humanos.

    ResponderExcluir
  12. Em meados dos anos 1930, o diplomata e mecenas alemão conde Harry Kessler (1868-1937) chegou para o já renomado Albert Einstein e lançou: "Professor, ouvi dizer que você é profundamente religioso". Sem se alterar, o cientista respondeu: "Sim, você pode dizer isso. Tente penetrar, com os nossos meios limitados, os segredos da natureza. Você vai descobrir que, por trás de todas as concatenações discerníveis, há algo sutil, intangível e inexplicável. A veneração a essa força que está além de tudo o que podemos compreender é a minha religião. Até certo ponto, de fato, eu sou religioso".
    A religião de Albert Einstein não era a que alguns pensam, ele "criou" uma religião para si, e tinha até nome "Religião Einsteiniana". Quando ele dizia que deus existia, não dizia no sentido religiosamente tradicional, aliás, de tradicional ele não tinha nada. Tudo estava relacionado ao naturalismo, as coisas extraordinárias, porém naturais. Esse deus ao qual ele se referia não precisa ser adorado, afinal, não faz muito sentido rezar pra gravidade, por exemplo.

    ResponderExcluir
  13. Isso é apologia ao ateísmo... Apesar de ser ateu, não acho que deveria haver apoio estatal à campanha como ela foi redigida nesses cartazes. Há clara apologia, e reclamar respeito a uma postura ideológica não quer dizer sugestionar ou atacar, ainda que de forma sutil, o que se têm por fé, crenças, etc... Os ateus deveriam parar de se auto-afirmar pela oposição às religiões, etc, deveriam parar com essa espécie de proselitismo laico que a maioria prega, como se a "fé" do outro fosse menor e mais prejudicial do que as certezas científicas... Ateísmo como AUSÊNCIA de crença não é isso: um bebê não precisa combater deus, não precisa lutar, contra-argumentar sobre a existências de deus, ele NASCE ateu e pronto. O Ateísmo é uma condição de todo ser-humano, deus tem de ser aprendido.

    ResponderExcluir
  14. Que falácia!! Hitler na verdade era ateu!!
    A prova está aqui em seu livro: "Hitler's Table Talk"
    Várias citações do livro aqui:
    http://defesabiblica.wordpress.com/2010/08/08/o-cristao-hitler/

    "Se Deus não existe, tudo é permitido " - Dostoiévski.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons