quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Pastor Silas Malafaia incentiva agreções aos gays

Durante seu programa, o pastor Silas Malafaia diz ser a favor da violência contra os homossexuais, incentivando seus telespectadores a "meter o porrete" caso seja feita referência aos simbolos religiosos em suas manifestações.

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Para 79% dos britânicos, religião é causa de muita miséria e conflito

Uma recente pesquisa mostrou que 79% dos britânicos acreditam ser a religião a origem de muita miséria e conflitos no mundo. Do total, 11% discordaram dessa avaliação.


A pesquisa foi realizada pelo YouGov em parceria com o Departamento de Política e Estudos Internacionais da Universidade de Cambridge. Foram ouvidos 64.303 adultos (maiores de 18 anos).

Para 72% deles, a religião é usada por pessoas para justificar sua intolerância e sectarismo. 15% discordam disso.

A Grã-Bretanha está entre os países onde mais tem avançado o secularismo nos últimos anos. A pesquisa confirma isso.

A maioria (78%) concordou, por exemplo, que religião é um assunto da esfera privada, não pública. Aqueles que se opõem a essa abordagem representaram 12%.

Seguem outros resultados da pesquisa.

- 70% não querem que cristãos e igreja tenham mais influência na política do país. 16% concordam.

- 40% afirmaram não ter nenhuma religião, 55% se declararam cristãos e 5% informaram que seguiam outras religiões.

- 74% informaram que foram criados em família que professava alguma religião – cristã, na maioria de 70%.

- 34% afirmaram ter um Deus pessoal, 10% admitiram crer em algo tipo de poder espiritual e 19% informaram não acreditar nessas duas formas de crença. 29% se declararam indecisos ou agnósticos.

- 16% informaram que rezam diariamente, 12% disseram que o fazem várias vezes por semana e 4% uma vez. Os homens rezam menos que as mulheres.

- Para 61%, as religiões organizadas estão em declínio. Na faixa da população com mais de 55 anos, o percentual é de 67%. Do total, 18% discordam de que as crenças estruturadas estão em decadência.

Fonte:
Paulopes

Discussão religiosa causa morte no Pará

Muitos conhecem o termo: “religião não se discute” e a prova disso é que, na tarde de ontem, uma discussão entre dois vizinhos em uma mesa de bar sobre o assunto terminou em morte.

Elielson Almeida Rodrigues, 32, foi morto com três facadas, na rua Liberdade, no bairro da Pratinha II. Os moradores do local informaram que o assassino é Manoel, vizinho da vítima.

Elielson e Manoel estavam juntos no bar e de repente iniciaram uma discussão. O motivo da briga seria por causa de religião. “Falaram que o Elielson chegou a dar uma paulada em Manoel, depois os dois deixaram o local”, disse o cabo Evanildo, que chegou ao local do crime após o chamado dos moradores que viram toda a cena.

“Nós chegamos, ele tinha acabado de ser assassinado. Ainda andamos atrás dele, mas ele já tinha fugido”, acrescentou o policial.

De acordo com a polícia, a discussão teve dois momentos. O primeiro teria sido a agressão de Elielson contra Manoel. Em virtude disso, Manoel foi até a residência e pegou uma faca de serra.

Lá, a filha de Manoel tentou segurar o pai para impedir que ele cometesse o crime, mas ela não conseguiu contê-lo, e ele seguiu com o objetivo. “O Manoel correu com a faca atrás de Elielson, aí a vítima escorregou e foi atingida com três golpes: um na garganta, um no braço e outro na barriga”, disse o cabo.

O assassino fugiu do local somente de bermuda. A família dele mora no município de Igarapé-Miri. A polícia acredita que este é o paradeiro dele. Moradores do local disseram que os dois vizinhos frequentavam o bar diariamente.

Fonte:
Diário do Pará

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Os 7 pecados da Igreja Católica

Faz cerca de 140 anos que o número de católicos no Brasil segue ladeira abaixo. No século XIX, precisamente em 1872, o conglomerado de brasileiros que se assumia fiel à Igreja Católica beirava a totalidade da população, 99,7%. Durante os 100 anos seguintes, a cada década que se encerrava, aproximadamente 1% abandonava a religião. O índice dessa queda, atualmente, continua o mesmo. Mudou, porém, o fato de ele ocorrer a cada ano. Essa aceleração do declínio foi constatada pela pesquisa “Novo Mapa das Religiões”, realizada pelo Centro de Políticas Sociais da Faculdade Getulio Vargas. Ao processar microdados da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) produzida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2003 e 2009, os estudiosos, capitaneados pelo economista Marcelo Neri, constataram que nesse intervalo de seis anos cerca de 6% da população deixou a religião romana – decresceu de 73,7% para 68,4%. O montante de fiéis que segue atualmente a doutrina preconizada pelo Vaticano é o mais baixo verificado no País. E, pela primeira vez na história, em alguns Estados e capitais da maior nação católica do planeta, o número de adeptos da religião não chega nem à metade dos habitantes (leia quadro).


Quais seriam, então, os deslizes patrocinadores da queda do status do catolicismo entre os brasileiros, como as estatísticas não se cansam de mostrar? ISTOÉ recorreu a um colegiado de profissionais da religião, gente que pensa a Igreja, para discorrer sobre os possíveis pecados da Santa Madre. Eis os sete principais confessados.

1 Romanização da Igreja

É cantada em prosa e verso, já há algum tempo, a rejeição dos fiéis contemporâneos a autoridades religiosas que impõem doutrinas e ritos. Imposição, obrigação e restrição são palavras proscritas em um cenário no qual cada vez mais as pessoas se habilitam a estar no comando do próprio destino. A Igreja Católica, no entanto, caminha na direção oposta. Vive um momento de reinstitucionalização de seus fiéis, de os disciplinar para que aprofundem a sua fé. Os bispos defendem um contato maior com os bens religiosos, como missas e novenas. Esse processo preconizado pelo Vaticano é conhecido como romanização do catolicismo. “Bento XVI prefere uma Igreja menor e mais atuante em vez de uma maior sem atuação coerente e consistente”, afirma o cientista da religião Jung Mo Sung, da Universidade Metodista do Estado de São Paulo (Umesp). “A estratégia fortalece o fervor de uma minoria praticante, mas traz uma consequência não intencional da perda de adesão de católicos difusos.”

Esse efeito-rebote, somado à procura cada vez maior da população por curas e milagres que resolvam rapidamente seus problemas, tem levado esses católicos a migrar para outras denominações ou encorpar o grupo dos que fazem contato com o divino sem o intermédio de uma instituição. “A Igreja prefere que as pessoas que buscam soluções imediatas por meio de milagres não permaneçam nela”, diz o teólogo jesuíta João Batista Libanio. Diminui-se o número de católicos, mas, por outro lado, aumenta-se o dos praticantes conscientes.

2 Supermercado católico

Párocos têm relatado que seus templos estão existindo à imagem e semelhança de supermercados. Percebem que é cada vez maior o número de fiéis que procuram a igreja ocasionalmente, em busca de serviços religiosos como casamentos, missas de sétimo dia, batizados e bênçãos de lugares e objetos. Tratado como produto, o casamento, só para citar um dos “bens” católicos, se torna um evento alheio à doutrina. “Há casais que trazem o CD da novela que faz sucesso para tocar na cerimônia. Se você se nega, alguns inconformados batem boca com você, viram as costas e procuram quem o faça”, conta o padre José João da Silva, da paróquia São José Operário, em Itaquera, na zona leste da cidade de São Paulo. “Vivemos uma igreja fast-food.”

Nessa lógica de mercado, missa de sétimo dia tem se transformado em uma grande assembleia de gente que só foi ao templo por conta da ocasião e não está preocupada com o significado do ritual. Quanto aos batizados, explica o cônego Celso Pedro da Silva, da paróquia Santa Rita de Cássia, do Pari, zona norte de São Paulo, a Igreja supõe que quem quer que o filho se insira nela antes do uso da razão o faz porque dela faz parte e aceita suas regras. “O mesmo vale para a primeira comunhão, mas muitos pais não têm vínculos efetivos, nem foram casados na Igreja”, diz ele. “Acredito que uma dificuldade do catolicismo seja saber que o povo católico não é evangelizado e, mesmo assim, se comportar na prática como se ele fosse”, diz o cônego. O padre João Carlos Almeida, teólogo e diretor da Faculdade Dehoniana (SP), foi vigário paroquial no Santuário São Judas Tadeu, na capital paulista, por três anos. E conta que passava quase o dia todo atendendo a confissões e abençoando automóveis. “Muita gente trazia seu carro recém-comprado para ser benzido e ia embora. Poucos rezavam ou participavam de uma missa”, lembra. Com a oferta religiosa na vitrine, católicos assistem a seus fiéis se afastando dos vínculos espirituais.


3 Fuga de mulheres

Está lá no “Novo Mapa das Religiões”. Entre as 25 denominações pesquisadas, apenas no catolicismo a mulher não constitui a maioria dos adeptos (leia quadro à pág. 70). Entre evangélicos, espíritas, religiões de matriz africana, oriental e asiática, elas superam os fiéis do sexo masculino. As católicas, porém, são cerca de 67,9%, enquanto os homens são 68,9%. Neri, o organizador do estudo da FGV, atribui o resultado, entre outras interpretações, ao fato de as alterações no estilo de vida feminino ocorridas nos últimos 30 anos não terem encontrado eco na doutrina católica, menos afeita a mudanças. De fato, seguem engessadas na Igreja, só para citar três tabus, as questões sobre os métodos contraceptivos, o divórcio e o aborto.

De acordo com o teólogo Jorge Cláudio Ribeiro, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), o catolicismo não gosta da mulher. “Ao que parece, elas, mal-amadas que são pela Igreja, estão se autorizando a não gostar da religião, a reagir”, diz ele. Seu colega de PUC, o padre e psicólogo João Edénio dos Reis Valle, afirma não ter dúvida de que a questão de gênero pesa na constante diminuição do número de católicos no País. “Ela pesa em especial nas mulheres de classes mais instruídas e em melhor posição socioeconômica”, afirma. “Essas não só percebem como discutem e não aceitam as posições da Igreja em relação a uma série de questões que as afetam.” E conclui discorrendo sobre a não participação clerical feminina. “Elas reivindicam um papel novo e ativo na vida da instituição.”

4 Escândalo de pedofilia

Em 2002, um grupo de mais de 500 pessoas levou à Justiça americana denúncias de abusos sexuais cometidos por sacerdotes e membros da arquidiocese de Boston, nos Estados Unidos. Esse escândalo foi a chama que fez arder uma fogueira de denúncias mundo afora, inclusive no Brasil. Na Irlanda, só para dar a dimensão do problema, a pedofilia acobertada por seis décadas pela hierarquia católica local foi tachada pela Anistia Internacional como o maior crime contra os direitos humanos já registrado na história daquele país. Para uma instituição que tem como bandeira a verdade sobre o mundo, ser atingida por problemas éticos que constituem crime representou um duro golpe. E a mazela dos escândalos de abuso sexual envolvendo crianças afastou muitos simpatizantes do catolicismo. É o que defende o cientista da religião Sung. “O militante não terá sua fé abalada. Mas os que se sentiam católicos por uma afinidade de infância ou inspirados em alguma figura pública podem ter deixado de ser por causa desses fatos.”

Para piorar, a Igreja não foi hábil na cicatrização da ferida. “Ela trabalhou a questão na base do segredo e do corporativismo. A lógica interna de uma instituição que se protege e não ventila o problema levou a ampliar o fenômeno, tornando-o uma sensação nos meios de comunicação”, afirma a socióloga da religião Brenda Carranza, da PUC de Campinas. Só há pouco tempo Bento XVI decidiu ordenar que os bispos abrissem normativas internas contra padres suspeitos de ser pedófilos e informassem as autoridades civis. Em setembro, ao visitar sua terra natal, a Alemanha, que perdeu 180 mil adeptos no ano passado por conta dos abusos sexuais praticados por sacerdotes, disse: “Posso compreender que, em vista de tais informações, alguém diga: ‘Esta já não é a minha Igreja.’”


5 Ausência de lideranças

Dom Hélder Câmara, arcebispo emérito de Olinda e Recife, falecido em 1999 aos 90 anos, foi quatro vezes indicado ao Prêmio Nobel da Paz. Grande defensor dos direitos humanos durante a ditadura militar brasileira, homem de vida simples que morava no quartinho de uma sacristia no Recife, ele foi um expoente internacional da Igreja Católica. Multidões se mobilizaram ao seu redor, no Brasil e na Europa, para ouvi-lo. Atualmente, porém, não há entre o colegiado católico nacional símbolos como dom Hélder, capaz de cooptar fiéis por meio do exemplo. “Numa sociedade moderna, em que a adesão à religião acontece por opção pessoal, é preciso que haja nomes admirados publicamente”, diz Sung, da Umesp. As grandes figuras católicas da atualidade são os padres cantores. Eles, porém, fazem eco entre os católicos militantes, explica Sung, mas não são referência para setores não atuantes do catolicismo. A Igreja deixou de ser representativa entre os brasileiros como algo a ser admirado há quase duas décadas. Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal emérito de São Paulo que lutou contra a tortura e os maus-tratos a presos políticos durante a ditadura, e uma dessas figuras que inspiraram muitos católicos, se aposentou em 1998. “Dom Paulo é uma personalidade que enfrentou um regime militar, criava afinidade entre o povo e a instituição”, afirma o padre Libanio. Aos 90 anos, Arns vive recluso em Taboão da Serra, na Grande São Paulo, enquanto sacerdotes empunham microfones para cantar e fazer coreografias de suas músicas no altar.

6 Comunicação centralizada

Há comunidades dentro do catolicismo que lançam mão de tecnologias para se relacionar com os jovens. Elas têm escancarado à Igreja, segundo a socióloga da religião Brenda, que não é mais possível seguir com a ideia de que o fiel se encontra na paróquia. Estabelecida em sua maioria em grandes centros urbanos, essa turma mais nova sofre com o impacto da mobilidade, do crescimento acelerado, do consumo exacerbado, enfim, elementos que a fazem estabelecer relação com a crença muitas vezes a distância. Para a professora da PUC, a noção de participação das novas gerações urbanas é pautada pela afinidade. O jovem busca uma instituição quando se identifica com ela, independentemente da proximidade física. “Mas a noção da Igreja de paróquia é territorial”, diz Brenda. Para o padre Libanio, enxergar as demandas da população e repensar até onde a religião pode ir na direção delas é o caminho para o futuro do catolicismo. “Os fiéis querem aquilo que os satisfaz e têm buscado muito o mundo virtual”, diz ele. “A Igreja Católica tem de repensar a sua estrutura paroquial.”


7 Perda de identidade social

Houve um tempo, em muitas cidades do interior do País principalmente, que frequentar uma igreja era condição obrigatória para quem quisesse engatar um relacionamento amoroso sério. Quantos garotos não foram riscados por potenciais sogras da lista de pretendentes pelo fato de não irem à missa? Assumir-se membro de uma entidade religiosa – católica, de preferência – conferia pertençer a um grupo social. Diante da pressão para uma definição religiosa, muita gente tendia a assumir a crença na qual havia sido batizado, mesmo que exercitasse também a sua fé em terreiros de umbanda ou centros espíritas. “Católico era o imenso guarda-chuva cultural e religioso que permitia o trânsito espiritual”, diz Brenda Carranza, da PUC. Com a disseminação do processo de secularização no campo religioso nacional, essa prática foi ficando obsoleta. A possibilidade de expressar a fé livre de preconceitos tem feito com que cada vez mais os brasileiros, quando submetidos a censos, assumam que não seguem os dogmas defendidos pela Santa Sé ou mesmo nenhum credo – daí o grupo dos sem-religião também estar em crescimento. O catolicismo, então, perdeu a status de produtor de identidade social.


Fonte:
IstoÉ

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Encontrar ETs poderia mudar as religiões para sempre

A descoberta de alienígenas inteligentes seria estonteante em muitos aspectos, mas pode representar um dilema especial para as religiões do mundo.


Os cristãos, em particular, podem ser afetados mais fortemente por notícias assim, porque o sistema de crença cristã não permite facilmente outros seres inteligentes no universo.

Fica a pergunta “Jesus morreu por aliens também?”. De acordo com o cristianismo, o evento histórico há cerca de 2 mil anos era para salvar toda a criação divinda. Imagine o dilema…

Veja como o debate vai: se toda a criação inclui 125 bilhões de galáxias com centenas de bilhões de estrelas em cada uma, como os astrônomos pensam, então o que aconteceria se algumas dessas estrelas tivessem planetas com civilizações avançadas também? Por que Jesus Cristo veio à Terra, de todos os planetas inabitados no universo? Para salvar os terráqueos e abandonar o resto das criaturas de Deus?

Um professor de filosofia da Ruhr-University Bochum, Christian Weidemannof, se autodescreve como cristão protestante e sugeriu algumas soluções possíveis. Talvez os extraterrestres não sejam pecadores, como seres humanos, e portanto não precisem de salvação. No entanto, o princípio da mediocridade – a ideia de que o seu exemplo é mais provável, a menos que você tenha provas em contrário – lança dúvidas sobre isso.

Se existem seres inteligentes extraterrestres, é seguro assumir que a maioria deles são pecadores também, disse Weidemann. Se for assim, Jesus irá salvá-los também? Provavelmente não. Então, a nossa posição entre os seres inteligentes no universo seria muito excepcional.

Outra possibilidade é a de que Deus encarnou várias vezes, enviando uma versão de si mesmo para salvar cada planeta habitado separadamente.

No entanto, com base nas melhores estimativas de quantas civilizações poderíamos encontrar no universo e por quanto tempo os planetas e as civilizações são esperadas para sobreviver, encarnações de Deus teriam que estar em cerca de 250 lugares simultaneamente em um dado momento, assumindo que cada encarnação levou cerca de 30 anos.

Se Deus realmente se tornou corpóreo e tomou forma humana quando Jesus Cristo nasceu, as várias reencarnações não teriam sido possíveis.

Embora a descoberta de inteligência extraterrestre provavelmente estimule um profundo exame de consciência nas pessoas de todas as crenças, muitas das religiões do mundo podem facilmente se acomodar ao conhecimento do que ao cristianismo.

Isso parece ser um problema somente para o cristianismo.

No Islã, por exemplo, Maomé era um profeta, ou mensageiro de Deus, não Deus encarnado. Por isso, profetas adicionais poderiam simultaneamente visitar outros planetas para salvar espécies extraterrestres.

Em última análise, no entanto, a descoberta de alienígenas inteligentes não é suscetível de constituir uma grave crise para o cristianismo. Afinal, a religião já sobreviveu a desafiadoras revelações científicas antes.

Para Hoffmann, a religião é essencialmente conservadora. Você pode colocar quase qualquer coisa sob o seu nariz que ela não vai dar bola.

Fonte:
Hype Science

Israelenses assinam petição para serem registrados como “sem religião”

Realmente o processo movido pelo escritor Yoram Kaniuk para tirar de seu registro civil que ele pertence a religião judaica abriu precedentes e no domingo centenas de judeus israelenses assinaram uma petição solicitando que as autoridades do país os registrem como “sem religião”.


Esse passo separa o Estado e a religião, algo que em Israel é muito difícil de acontecer, já que os judeus ortodoxos e ultraordotoxos acabam controlando todos os aspectos da vida dos cidadãos.

Entre as pessoas que assinaram a petição estava o jornalista Uri Avnery, de 88 anos. “Israel está se transformando em um Estado teocrático no qual os ultraortodoxos controlam todos os aspectos da vida do cidadão”, afirmou ele à BBC Brasil.

“Sou um total ateu e não vejo razão alguma para que eu esteja registrado como pertencente à religião judaica e subordinado ao rabinato”, disse.

Quem também se manifestou sobre o assunto foi Miki Gitsin, líder do movimento Israel Livre, ele diz que “centenas de israelenses não suportam mais o fato que as instituições rabínicas e os políticos ultraortodoxos controlam suas vidas e os impedem de viver de acordo com seus princípios”.

Muitos israelenses ficaram indignados com o pedido dessas pessoas e enviaram reações furiosas pela internet aos signatários dos documentos.

No site do jornal Haaretz, alguns comentavam que a secularização significaria “a morte de Israel” e que o Estado foi criado para ser judeu.

Em Israel todos que nasceram de mãe judia ou se converteram ao judaísmo são classificados como pertencente à religião e à nacionalidade judaica. Mas há diferenças entre judeus israelenses e árabes israelenses. Quem não for judeu, por exemplo, não pode comprar terras públicas, pois de acordo com as leis locais somente um judeu pode recebê-las.

O casamento civil também é negado aos não judeus. E um homem definido como judeu só pode se casar de acordo com os preceitos do rabinato, e somente com uma mulher judia.

Com informações BBC

Fonte
Gospel Prime

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Igreja Mundial lança o “Martelo da Justiça” que pode acabar com seus problemas por apenas R$ 1 mil em doações

Após a Igreja Mundial do Poder de Deus lançar a toalhinha milagrosa, foi retomada a campanha do “Martelo da Justiça”. A Igreja ofereceu o martelo para os fieis que desejam quebrar seus problemas. “Você vai tocar com ele naquilo que você deseja que seja quebrado, que seja esmiuçado”, afirma o Pastor que oferece o martelo no programa de TV da igreja.


A Igreja Mundial do Poder de Deus está se especializando em objetos proféticos, sempre idealizados pelo fundador da igreja, o Apóstolo Valdemiro Santiago. A “toalhinha milagrosa” teve grande repercussão entre os fieis da Mundial, gerando testemunhos como o do homem que devia R$ 18 mil e esfregou a toalhinha na porta do banco, fazendo com que a suposta dívida desaparecesse.

Os fieis que desejam obter o martelo, precisam contribuir com “uma ofertinha de R$ 1 mil”, afirma o Pastor que anuncia o produto. Os interessados são orientados a ligar para um número que aparece na tela ou visitar o site da igreja e preencher um cadastro solicitando o “Martelo da Justiça”. “Nós enviamos pelos Correios a você”, afirma o Pastor.



Fonte:
Gospel+

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Rio aprova inclusão de ensino religioso nas escolas

"Lamento profundamente a decisão dos vereadores. Para atender aos anseios de grupos religiosos, a prefeitura ignorou a avaliação que havia sido feita por um órgão formado por educadores", criticou a professora Rita Ribes Pereira, integrante do Conselho Municipal e especialista em educação infantil.


Contrariando um parecer do Conselho Municipal de Educação, a prefeitura do Rio conseguiu aprovar a inclusão do ensino religioso no currículo das escolas públicas cariocas. O projeto de lei cria aulas opcionais para diferentes denominações religiosas e abre 600 vagas para professores da área. A partir de 2013, o impacto no orçamento do município será de R$ 15,7 milhões por ano.

Aprovado por 28 votos a cinco, o texto estabelece a adoção de aulas facultativas para os estudantes do Ensino Fundamental da rede municipal. Os pais decidirão se os alunos devem assistir às aulas e poderão escolher a designação religiosa de sua preferência.

Segundo o projeto, os professores serão contratados após concursos públicos, mas deverão ser "credenciados pela autoridade religiosa competente, que exigirá deles formação religiosa obtida em instituição por ela mantida ou reconhecida".

Em fevereiro, o Conselho Municipal de Educação - responsável pelo acompanhamento da política educacional do município - aprovou um parecer que rejeitava a inclusão da religião nas escolas. O objetivo era reafirmar o "caráter laico da escola pública", uma vez que a adoção do ensino religioso é alvo de uma ação de inconstitucionalidade no Supremo Tribunal Federal (STF).

O projeto foi enviado à Câmara pelo prefeito Eduardo Paes (PMDB), que se baseou na Constituição para propor a alteração no currículo escolar. Segundo o artigo 210, a religião deve ser uma das disciplinas do Ensino Fundamental.

Fonte:
Diário do Grande ABC

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Cubanos continuam trancados dentro de templo da Assembleia de Deus

O pastor Braulio Herrera e 62 pessoas continuam trancados dentro da igreja Assembleia de Deus em Habana, Cuba, aguardando a resposta de Deus e o dia do “fim do mundo”. Eles estão fechados no templo desde o dia 21 de agosto e entre eles há 19 crianças e quatro mulheres grávidas.


Os líderes da igreja pentecostal tiraram as credenciais do pastor Herrera por “desvio teológico” e entraram com processo nos tribunais por ocupação “ilegítima” do templo. O pastor havia sido destituído do cargo e teria que deixar a igreja e o apartamento onde mora após se desentender com os líderes da igreja.

Para a imprensa o pastor disse que aguarda a resposta de Deus sobre seu país. “Deus nos diz que odeia o pecado desta nação. Em Cuba, o espiritismo é forte, o divórcio, a homossexualidade. Ele disse que vai fazer julgamentos sobre o país, algum tipo de desastre natural que faça seu trabalho”.

Já Eliseu Villar, principal autoridade Pentecostal em Cuba, disse que “o ex-pastor está tentando sustentar a santidade extrema e perfeição humana” e que ele atua “sem ter a Bíblia como pauta, porque ele acredita que chegou a um nível espiritual mais elevado e diz receber revelações diretamente de Deus.”

De dentro do templo o filho do pastor, William Herrera, disse que o retiro vai continuar “até quando Deus quiser”. “Ainda não sabemos quando, mas Ele [Deus] disse que virá: a morte, a peste, a fome e pragas que podem tocar esta nação”, disse o jovem ao telefone.

Fonte:
Gospel Prime

Pastor da Assembléia de Deus pode ser condenado a até 12 anos de prisão por usar o cargo público para vantagens pessoais

O Ministério Público acusou o deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), de usar funcionários públicos em suas atividades de pastor da Assembleia de Deus. Takayama vai ter de responder ação penal no STF (Supremo Tribunal Federal), pois a denúncia foi aceita por unanimidade pelo Tribunal.


A acusação formal à Justiça, feita pelo MP relata que Takayama empregou de 1999 a 2003 pelo menos 12 funcionários de seu gabinete em seu estúdio particular de gravações de mensagens. O STF aceitou a denúncia por unanimidade.

O Pastor e Deputado afirma ser inocente e acusou os funcionários de querer aplicar um golpe, pois queriam receber em dobro pelo seu trabalho. Porém o Ministro-Relator, Dias Toffoli, ressalta que a denuncia foi aceita por haverem ações trabalhistas, além do depoimento dos funcionários.

O Pastor Takayama é o autor de um projeto de lei que isenta pastores dos crimes de injuria e difamação. O crime que Takayama está sendo acusado é o de peculato (usar o cargo público para vantagens pessoais), e ele poderá ser condenado de 2 a 12 anos de prisão.

Fonte:
Gospel+

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Estudo afirma que quem pensa menos crê mais em deus

Um polêmico estudo produzido na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, revelou que as pessoas que tomam decisão pelo primeiro impulso, sem pensar, são as que mais creem na existência de deus. As pessoas mais racionais formam o grupo das que creem menos. Segundo o estudo, essas características são influenciadas pelo nível de conhecimento e temperamento das pessoas. O estudo foi divulgado no “Journal of Experimental Psychology” (Jornal de Psicologia Experimental).


O responsável pelo estudo, Amitai Shenhav, afirmou ter chegado à conclusão de que as pessoas que pensam mais tendem a acreditar menos em deus. Segundo ele, embora a conclusão possa parecer óbvia, é a primeira vez que isso foi provado cientificamente. Shenhav ressalta que pesquisas anteriores revelaram que pessoas de QI (Quociente de Inteligência) acima da média tendem a acreditar menos em Deus, porém ser inteligente não é sinônimo de ser mais racional ou cauteloso.

Durante a produção do estudo, 882 voluntários se responderam um questionário sobre crenças religiosas e questões que exigiram raciocínio. A intenção era identificar o modo como cada um deles pensava.

Amitai Shenhav afirma que “verificou-se que as pessoas com pensamentos intuitivos – portanto as com mais tendência para acreditar em deus – caíam com mais frequência nas “pegadinhas” das questões que exigiam raciocínio com números”. Apesar disso, a pesquisa “confirmou-se que todos têm pensamentos intuitivos. A diferença é que as pessoas mais cautelosas questionam a intuição antes de tomar uma decisão”, conclui Shenhav.

O estudo não fez uma comparação entre as pessoas mais intuitivas e as mais racionais. “Ambos os tipos de pessoas são importantes para todo o mundo”, aponta o relatório. Shenhav disse ainda que “não existe uma resposta certa sobre qual dos dois modos de pensamento deve ser usado em cada ocasião”.

Segundo ele, cada pessoa acaba encontrando o seu ponto de equilíbrio entre a intuição e a cautela. Isso mudaria com o tempo na maiorias dos casos porque, segundo Shenhav, “as pessoas mais intuitivas tendem a fortalecer cada vez mais a fé em deus e as reflexivas a se tornarem mais descrentes”.

Fonte:
Gospel+

Discussão sobre religião termina em homicídio

Uma discussão sobre religião terminou em tragédia na noite deste domingo (25/09) na Rua Paineiras, no bairro Padre Duílio no município de Juína, Noroeste do Estado.
Conforme foi apurado pela polícia, Amadeu Amaro Nascimento de 66 anos, Luís Carlos de Oliveira e um rapaz identificado apenas como Mateus, estavam bebendo "pinga" e começaram a discutir sobre religião.

Em um determinado momento houve uma desavença e Amadeu acabou levando a pior sendo atingido por dois golpes de arma branca (faca). A vítima saiu correndo e foi socorrida por populares que acionaram a Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Enquanto era socorrido Amadeu revelou que Luís Carlos foi o autor das facadas. Em rondas pelo local o suspeito foi localizado trancado no banheiro de uma residência e foi levado ao Copom da Polícia Militar.

A vitima que permaneceu internada gravemente no hospital municipal não resistiu os ferimentos veio a óbito.

O suspeito está detido no CISC Juína e poderá ser autuado em flagrante delito pelo crime de homicídio. O delegado Valter Cardoso quer ouvir Mateus e saber o que houve durante a discussão. Luís Carlos aponta Mateus como o autor deste crime.

Fonte:
24 Horas News

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Dois monges tibetanos ateiam fogo em si mesmos na China

Dois jovens monges tibetanos puseram fogo em seus próprios corpos nesta segunda-feira em protesto contra os controles religiosos do governo no oeste da China, disseram à Reuters duas fontes tibetanas no exílio.

Os monges Kelsang e Kunchak, de 18 anos de idade, pertencem ao monastério Kirti --local de protesto contra políticas chinesas e cenário de uma dura repressão às forças de segurança em maio-- disse um ativista tibetano exilado na Índia.

As autoimolações dos monges poderiam provocar uma nova repressão na administração de Aba, uma região de maioria étnica tibetana na província de Sichuan, que muitos defensores da autonomia dizem que deveria estar sob o controle tibetano.

"Quando eles atearam fogo neles, gritaram: 'Precisamos de liberdade de religião'", disse o ativista, que pediu para não ser identificado, acrescentando que obteve a informação de pelo menos cinco fontes na China e no exterior.

Os dois monges sofreram queimaduras leves e estavam em condição estável, disse a agência de notícias Xinhua, citando médicos. O relatório acrescenta que "a tentativa de suicídio está sendo investigada".

Quando questionado sobre as autoimolações, Hu Jiang, um funcionário do escritório de informações da administração de Aba, disse à Reuters não ter informações sobre o caso.

O monge tibetano Kanyag Tsering, do monastério irmão Kirti na cidade indiana de Dharamsala, sede do governo no exílio do Tibete, disse ter recebido confirmação de que o Exército chinês havia removido os corpos dos dois monges.

As autoimolações acontecem apenas seis meses depois que outro monge budista tibetano, Phuntsog, de 21 anos, do mesmo monastério, morreu queimado. No mês passado, três monges foram presos na China por envolvimento na autoimolação de Phuntsog.

Fonte:
Folha

Católicos ameaçam linchar e crucificar evangélicos

Pelo menos 70 cristãos evangélicos da região centro-leste do México foram expulsos pelas autoridades locais do local onde moram, região na qual moram muitos católicos tradicionais que, supostamente, ameaçaram crucificá-los e linchá-los.


Inicialmente, cerca de 50 famílias de cristãos protestantes foram obrigadas a deixar a vila em 12 de setembro, mas alguns foram autorizados a permanecer, sob a condição de fazer seus cultos fora da aldeia. Além disso, não podem evangelizar os católicos tradicionais da região, os quais praticam uma mistura de rituais indígenas e católicos.

O governo de Puebla se curvou diante da pressão e das exigências dos católicos tradicionais da aldeia de San Rafael Tlanalapan, a cerca de 100 quilômetros da capital, conforme informou o jornal La Jornada de Oriente.

Testemunhas disseram ter visto diversos evangélicos, incluindo um pastor, fazendo suas malas e ajuntando rapidamente seuspertences para partir. Segundo informações, isso aconteceu porque os católicos tradicionais da região disseram que iam “crucificá-los ou linchá-los”, caso eles não fossem embora após a determinação feita no dia 12 de setembro.

O prefeito da região colaborou com as expulsões dos cristãos, receoso de perder seu cargo, após a pressão dos católicos. A católica Irma Diaz Perez informou a decisão tomada: “Eles nunca mais vão voltar, pois nós temos leis contra eles e eles não têm permissão para ficar aqui”.

A perseguição contra os evangélicos no México não é atual. Em um caso, cristãos evangélicos foram proibidos de ter acesso a água. Alguns funcionários também relataram ataques contra famílias evangélicas em anos anteriores.

Tudo isso ocorre porque o México é um país tradicionalmente católico. Dessa forma, muitos evangélicos são detidos por crimes que não cometeram.

Fonte:
inforGospel

Cantor evangélico sequestra e mata criança de quatro anos em Ipirá

Uma criança de quatro anos foi morta com golpes de facão, na tarde deste domingo (25/09), na zona rural de Ipirá, a cerca de 200km de Salvador, de acordo com informações da delegacia do município baiano. O cantor evangélico Manoel Batista Santa Rosa, de 41 anos, teria raptado a garota na frente da mãe, sendo encontrado horas depois por familiares da criança em sua própria casa.


Ele foi amarrado em cordas e agredido por populares até confessar para onde havia levado a vítima, que foi encontrada pela Polícia Militar decapitada, nua e com diversos ferimentos de facão em diversas partes do corpo em um terreno da sua fazenda, na localidade de Laranjeiras.

Em depoimento à polícia, Manoel, que teria problemas psiquiátricos, contou que assassinou a criança porque se sentia incomodado com o barulho provocado pelas crianças do bairro, de acordo com informações do Bahia Meio Dia. Uma perícia será realizada para descobrir se houve violência sexual. Manoel continua preso na delegacia local e vai responder por homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

Fonte:
Correio24horas

Religiões unidas contra laicismo

A escolha do Convento de Santo Agostinho para o encontro é significativa. Lutero viveu aí seis anos decisivos da sua formação, e o facto de o Papa se reunir nesse lugar com os líderes actuais da Igreja por ele criada simboliza a reaproximação de católicos e protestantes. Como sublinhou Nikolaus Schneider, líder evangélico alemão, "Lutero é um laço entre as duas Igrejas, pois pertence a ambas".


Bento XVI reforçou esta ideia, afirmando que a espiritualidade de Lutero "está centrada em Cristo". Isso é o aspecto crucial para reforçar o ecumenismo nestes tempos de laicismo feroz, afirmou, pois a fé em Cristo "é o fundamento da comunhão" das duas Igrejas.

Ao final do dia, Bento XVI reuniu-se em privado com vítimas de abusos cometidos por padres alemães, a quem expressou "compaixão e profundo pesar" pelo seu sofrimento e das respectivas famílias.

Fonte:
Correio da Manhã

Evangélico morre durante oração agradecendo a deus pela saúde

A morte de um homem ocorrida na madrugada deste sábado (24/09) em frente ao Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João chamou a atenção das pessoas. De acordo com a polícia, por volta das 20 horas da sexta-feira (23/09) o mecânico Aderaldo Lopes da Silva, 48 anos deu entrada na unidade saúde sentido fortes dores de saúde.


O homem chegou foi medicado e passou cerca de três horas em observação. Por volta das 2 horas da madrugada, ele recebeu alta, deixou o hospital e com os familiares resolveu fazer uma oração para agradecer a Deus pela saúde.

No momento em que estava de mãos dadas com outros irmãos em frente ao hospital, o homem teve um ataque súbito e caiu no chão. Os familiares ainda correram em busca de socorro, mas quando a equipe médica chegou o evangélico já estava morto.

Fonte:
Paraíba

Religiosos evangelizam pessoas na chegada ao Rock in Rio

Integrantes da ala jovem da igreja Assembleia de Deus de Campo Grande, na zona oeste do Rio, estenderam faixas ao longo da avenida das Américas e nos principais pontos de chegada à Cidade do Rock na tarde deste domingo (25/09).


“Eu vou com Jesus” ou “Por um mundo melhor? Só Jesus!”, diziam os cartazes, enquanto os fieis que o seguravam gritavam para carros ou pedestres: “Jesus te ama!”. Enquanto isso, no canteiro, outros membros da igreja pulavam e cantavam: “Ado, ado, você tem um chamado”, expressava um grupo na Avenida Salvador Allende, principal acesso à Cidade do Rock.


Indagados sobre qual o motivo da manifestação específica no dia do heavy metal, os fieis, que distribuíam folhetos com passagens da bíblia, disseram não saber.

Mas não é mistério que o estilo é frequentemente relacionado a imagens de caveiras, demônios e outros não muito símbolos simpáticos para membros de comunidades religiosas.

Fonte:
Último Segundo

domingo, 25 de setembro de 2011

Saiba como é feita a lavagem de dinheiro pela Igreja Universal

Criada pelo bispo Edir Macedo em 1977, a Igreja Universal do Reino de Deus é uma máquina de arrecadação e sonegação que usa da ingenuidade de fiéis para financiar a compra de rádios e TVs em todo o Brasil e no exterior.


É o que sustenta o Ministério Público Federal de São Paulo, em denúncia apresentada à Justiça. Para tanto, o dinheiro doado vai, clandestinamente, para paraísos fiscais, voltando na forma de empréstimos de fachada para bispos e “laranjas” da Universal.

Veja aqui o infográfico criado pelo site da Veja.

“Doador pelo débito automático terá brinde de Jesus” afirma R. R. Soares

A Igreja Internacional da Graça de Deus iniciou recentemente uma nova opção para recolhimento de ofertas, agora o fiel pode doar mensalmente através de débito automático em sua conta bancária. A folha de cadastro está disponível nas igrejas e no site da denominação.


Em seu programa diário exibido no horário nobre da TV Band, o Missionário R. R. Soares, líder da denominação, afirma que quem se cadastra para dar a oferta mensalmente através de débito automático em sua conta irá ganhar “um brinde de Jesus”. No site da igreja também é falado no brinde, mas não cita qual será.

A denominação afirma que caso o doador não tenha saldo em conta no mês para dar a oferta automática, este não será incluido na lista negra de devedores como o SPC e o Serasa. O valor continuará a ser debitado da conta todo o mês normalmente sem acumulo por falta de pagamento.

A Igreja viabilizou a prática através de uma parceria com três grandes bancos atuantes no Brasil: Itaú, Banco do Brasil e Bradesco. Para doar basta acessar o site, imprimir e preencher a autorização e enviar para a Igreja Internacional da Graça.

Fonte:
Gospel +

PC Siqueira faz um alerta sobre o dízimo em seu programa na MTV

O vlogueiro e apresentador PC Siqueira fez comentários criticando a pratica do dízimo em seu programa na MTV.



Ele fez um alerta para a população dizendo que quem paga o dízimo sustenta charlatões e que o ato não contribui para a evolução da sociedade.

Alguns telespectadores praticantes sentiram-se ofendidos e enviaram e-mails com reclamações pedindo para que o apresentador se desculpasse por ofender suas crenças.

sábado, 24 de setembro de 2011

Como fazer da sua igreja um império



1. Endureça o coração. Seja indiferente com apelos de mães, padres, bispos, missionários e pastores em crise ou dificuldades. O sofrimento deles não é problema seu.

2. Seja obstinado. Não deixe ministros, profetas, amigos, colegas, ou qualquer outro convencê-lo a desistir do seu império.

3. Priorize as coisas. Entre coisas e pessoas fique com as coisas.

4. Valorize os números. Não importa quem saiu ou quem entrou, o importante é o saldo.

5. Fale as massas. Não perca tempo com indivíduos, fale a auditórios, trabalhe no atacado.

6. Ignore críticas. Mantenha-se surdo quando for criticado, faça ouvido de mercador, rotule os críticos como invejosos.

7. Esconda vulnerabilidades. Convença a todos que tanto você como sua instituiçao não tem problemas, convença aos outros você não se irrita, que não perde a paciência e que tem tudo sobre controle.

8. Ridicularize os reflexivos. Faça pouco caso de intelectuais, pessoas que estudam e os que são capazes de análises profundas, de modo geral eles são pouco influentes com as massas.

9. Dissimule suas intenções. Nunca, nunca, nunca mesmo deixe os outros descobrirem as suas verdadeiras intenções de formar o seu império eclesiástico. A sua carteira de clientes você chamará de ovelhas, a sua mão de obra barata, você chamará de voluntários, os seus empregados você denominará vocacionados. O que importa é a aparência.

10. Domine a linguagem religiosa. Conheça, use e abuse da linguagem religiosa e dos jargões religiosos.

11. Ofereça entretenimento. Mantenha o povo devidamente entretido com programas que enchem os seus olhos e impressionam os seus sentidos. A música ajuda demais.

12. Mantenha o controle. Sob hipótese alguma permita que o poder que você exerce seja dividido com qualquer pessoa. Não participe de associações, alianças ou entidades que você não possa dar a última palavra. Quanto menos pessoas acessarem os balanços menos problema você terá na sua escalada de poder.

13. Cerque-se de limitados. Observe sua equipe, cuide para que somente você brilhe, verifique que a sua equipe é composta de pessoas medíocres e que nunca o ameaçarão.

14. Invista na estrutura. As paredes e os equipamentos valem mais do que os valores, o conforto impressiona mais do que o cuidado. Entre estrutura e pastoreio as pessoas escolherão estrutura.

15. Atente-se para as necessidades. Observe as necessidades do povo e então ofereça o que eles querem, mesmo que você não seja capaz de entregar ofereça. terá se passado muito tempo entre o momento em que eles aderirem e o dia em que descobrirem que você não tem o produto, nesse período o seu império estará consolidado.

16. Seja místico. O misticismo é vital para atrair pessoas desesperadas e inseguras, ele é capaz de escravizar e cegar. Depois de anos de escravidão no misticismo a libertação é quase improvável e às vezes impossível.

17. Aparente ética. Faça com que todos acreditem que você é uma ilha de ética em um mar de iniqüidade. Abuse do discurso ético, mesmo que suas práticas não sejam condizentes. Discursos éticos impressionam e são fáceis de serem feitos.

18. Ria e chore. O sorriso convence as pessoas que você é simpático, o chore convence que você é sensível. Você não deve ser nada disso, contudo as pessoas devem pensar que é.

19. Opte pelos ricos. Não adiante você ter muita gente sobre seu controle se essas pessoas não tem dinheiro no bolso.

20. Evite aproximações. Mantenha uma distancia segura entre você e seus liderados, suas relações devem ser profissionais. Lembre-se imperadores não tem amigos, apenas súditos.

21. O mais importante. Manipule, a massa gosta e não se importa, mesmo que você um dia seja descoberto ainda existirão muitos a sua volta, o suficiente para manter a igreja-império por muitos anos e ainda garantir que seu filho, ou genro herde esse empreendimento.

É possível que agindo assim você terá em meia década algumas centenas ou mesmo milhares de prosélitos, contribuintes alem do mais importante pessoas que não se cansarão de massagear seu ego, afinal é para isso que servem os Impérios, ainda que os chamemos de igrejas.

Fonte:
http://www.genizahvirtual.com/2011/05/como-fazer-da-sua-igreja-um-imperio.html#ixzz1NHTFS5C9
Under Creative Commons License: Attribution Non-Commercial Share Alike

Justiça aceita ação contra Edir Macedo por formação de quadrilha

A Justiça Federal aceitou parcialmente denúncia feita pelo Ministério Público Federal contra o fundador da Igreja Universal, Edir Macedo, e outros três integrantes da cúpula da igreja.


Além de Macedo, a diretora financeira Alba Maria Silva da Costa, o bispo João Batista Ramos da Silva e o bispo Paulo Roberto Gomes da Conceição foram denunciados pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica, formação de quadrilha, evasão de divisas e lavagem de dinheiro.

As acusações de estelionato e falsidade ideológica, porém, foram rejeitadas pela Justiça Federal. O Ministério Público, no entanto já anunciou que vai recorrer desta decisão. A denúncia foi feita no último dia 12 e a decisão sobre a aceitação de parte dela é do dia 16 de setembro.

Segundo a denúncia, os acusados remetiam para o exterior dinheiro proveniente das doações de fiéis, por meio de uma casa de câmbio paulista. Os recursos voltavam posteriormente ao Brasil, com aparência de legalidade. O processo se encontra agora sob sigilo.

Fonte:
Diário do Nordeste

Malafaia x Macêdo, a briga dos bispos

O bispo Silas Malafaia, líder da igreja Assembleia de Deus, aproveitou a edição de sexta-feira de seu programa de TV para rebater os ataques feitos pelo bispo Edir Macêdo, da Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), contra os cantores gospel.


Macêdo chamou os cantores de “endemoniados” e disse que 99% deles fazem obra para o demônio. O problema, diz Silas, é o fracasso da gravadora da Universal, a Line Records. “A gravadora dele não está com nada. Está dando prejuízo há anos".

"Vamos fazer um desafio. Você que tem uma rádio FM não vai colocar mais música nenhuma, senão, você é um hipócrita. Eu estou desconfiado que, de tanta fogueira santa, acho que queimaram os neurônios dele”.

Silas Malafaia não parou na música gospel, lembrando também de certas práticas da Iurd, como usar o dízimo para financiar a Rede Record, de Edir Macedo: “O satanás tem principados. Príncipes das trevas. São demônios que comandam principados".

"Esses comandam a rede de televisão de vocês", disse Malafaia. "Pega dizimo e oferta do povo de Deus e compra uma emissora de TV, que, ao invés de glorificar Deus, é o santo financiando o profano e o podre”.

Fonte:
A Região

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Cometa Elenin passará 16 de outubro "perto" da Terra

Terramotos, furacões, tsunamis, chuva de meteoros, construção de abrigos subterrâneos na Rússia, compra de kit"s de sobrevivência ou comparações ao hipotético Planeta X são algumas das informações veiculadas na Internet relacionadas com a passagem do cometa Elenin pela Terra.


Segundo cálculos da NASA, o Elenin, cometa detetado a 10 de dezembro de 2010 por Leonid Elenin (Lyubertsy, Rússia) e cujo nome científico é C/2010 X1, atingirá a máxima aproximação da Terra no próximo dia 16 de outubro.

"O que posso dizer para já é que não há perigo algum com a passagem do cometa Elenin, porque vai passar muito longe", disse, em entrevista à Agência Lusa o investigador Nuno Peixinho, do Observatório Astronómico da Universidade de Coimbra e do Centro de Física Computacional.

Aquele cientista português diz ainda que não haverá perigo do Elenin tapar o sol, porque para o conseguir teria de estar a 400 quilómetros de distância da Terra e aquele corpo celeste vai passar a uma distância de 35 milhões de quilómetros, o que equivale quase 100 vezes a distância da Terra à Lua.

"Seria a mesma coisa que um mosquito passar entre nós e o sol, não o vemos", exemplifica o especialista da área da Astronomia, desmistificando também a ideia divulgada na Internet que o Elenin facilite o aparecimento de catástrofes naturais, como tsunamis, porque simplesmente a força da gravidade exercida sobre a Terra pelo cometa "é mínima", sendo, na prática, essencialmente nula.

Fonte:
DN Ciência

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Conselho elabora resolução que veta símbolos religiosos em sede do Piauí

A iniciativa do Conselho Regional de Serviço Social do Piauí (CRESS), em retirar de sua sede todos os símbolos que fazem menção a adorações religiosas, motivou repercussão nacional. Durante o 40º Encontro Nacional do Conselho Federal de Serviço Social (CFESS), realizado em Brasília no início do mês de setembro, ficou decidido que o órgão elaborará uma resolução vetando a utilização de qualquer símbolo religioso nos espaços físicos do CFESS e dos CRESS.


De acordo com a presidente do CRESS/PI, Maria José do Nascimento, o encontro nacional também deliberou um manifesto em prol do estado laico. “As determinações em âmbito nacional do Conselho Federal de Serviço Social reforçam a luta piauiense pela garantia do princípio da laicidade do Estado previsto na Constituição Brasileira”, afirma Maria José do Nascimento.

Para as 14 organizações da sociedade civil do Piauí que lutam na Justiça pela retirada dos símbolos religiosos das repartições públicas, os resultados do 40º Encontro Nacional do Conselho Federal de Serviço Social demonstram que a Ação Civil Pública, patrocinada pelo Ministério Público do Estado, caminha rumo à defesa dos direitos dos cidadãos.

“A presença ostensiva de símbolos religiosos em órgão públicos é um afronta ao princípio do Estado Laico que impõe ao Poder Público uma posição de absoluta neutralidade em relação às diversas concepções religiosas”, defende Marinalva Santana, militante do Grupo Matizes e articuladora da Liga Brasileira de Lésbicas – entidades que assinaram a representação que norteia a ação do Ministério Público.

Após a decisão do juiz da 2ª Vara dos Feitos da Fazenda Pública, Reinaldo Araújo Dantas, em favor da manutenção dos símbolos religiosos nas repartições públicas, tramita no Tribunal de Justiça do Piauí o recurso assinado pelo promotor Edilson Farias.

Fonte:
180 Graus

Foo Fighters enfrentam extremistas religiosos com canção de amor homossexual

Os Foo Fighters entraram em confronto direto com manifestantes religiosos na entrada de um show da banda no último fim de semana em Kansas City, nos EUA. Para o combate, fiéis da igreja extremista Westboro Baptist Church levaram as tradicionais placas com dizeres como "Deus odeia os gays" e fotos de Obama retratado como o anticristo. A instituição é conhecida por organizar protestos ofensivos contra celebridades envolvidas com o direto de minorias, como a invasão do funeral de Michael Jackson.


A banda de Dave Grohl contra-atacou com uma performance surpresa de Keep it clean (Hot buns), uma provocação direta. Com letra dedicada ao amor homossexual, a canção provocou a ira dos religiosos desde o lançamento de um vídeo promocional que mostra os roqueiros fantasiados com perucas e acessórios ligados ao universo gay, em agosto.

A direção da instituição religiosa declarou que os Foo Figthers "têm uma plataforma que deveria ser usada para encorajar a obediência a Deus; ao invés disso, eles ensinam aos ouvintes os procedimentos que são contrários à Ele: fornicação, adultério, idolatria, bichas". Ao tomarem conhecimento da manifestação que confrontaria os fãs na chegada ao local do show, a banda improvisou o mesmo figurino usado no vídeo e foi à rua para o embate.

Aproveitando a aglomeração de curiosos durante a performance, Dave Grohl incitou a multidão com um discurso a favor da liberdade. "Eu não me importo se você é negro ou branco ou roxo ou verde, nem se você vem da Pensilvânia ou da Transilvânia, se é Lady Gaga ou Lady Antebellum", disse o vocalista. "É preciso que existam todos os tipos! Homens amando mulheres, mulheres amando homens, homens amando homens e mulheres amando mulheres... Deus abençoe a América!", declarou.

Fonte:
Divirta-se

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Seminaristas receberão exames psicológicos para evitar pedofilia

Com a intenção de proteger as crianças, a igreja católica da Bélgica realizará exames psicológicos em aspirantes ao sacerdócio para impedir aqueles que possuem tendências a pedofilia.


A igreja belga precisou chegar a marca de mais de 500 denuncias feitas contra padres pedófilos para tomar esta decisão, que está longe de ser a ideal para solução do problema.

Crianças recebem armas de prémio por recitação do Alcorão

A estação de rádio Andulus, administrada pela milícia al-Shabab, anunciou na segunda-feira que o vencedor do primeiro prémio do concurso tinha ganho uma espingarda e 700 dólares (514 euros), o segundo uma espingarda e 500 dólares (367 euros) e o terceiro duas bombas.

LinkLinkAs três crianças receberam ainda livros religiosos.

Fonte:
DN Globo

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Ativistas ateus são agredidos e expulsos do senado havaiano por protesto

Não é um acontecimento recente, mas gostaria de deixar registrado no blog pois é um ótimo exemplo de como o pensamento religioso é prejudicial quando interfere na lei de um país.


O presidente da Associação do Havaí pela separação entre Igreja e Estado, Mitch Kahle, foi absolvido de uma acusação de conduta desordeira que levou à sua prisão, enquanto protestava contra as orações costumeiras no início das sessões do Senado estadual.

Mitch foi retirado à força, espancado e depois preso.

Porém ele foi absolvido de quaisquer acusações, depois que o juíz Leslie Hayashi assistiu ao vídeo:

"Em primeiro lugar, não houve conduta desordeira. E segundo, a primeira emenda lhe dá o direito de falar em um fórum público como ele fez. E o terceiro, o legislador estava violando a Constituição dos EUA, bem como a constituição do Havaí, por ter essas orações ", disse Harrison.

Em abril, Kahle pediu ao Conselho Municipal de Honolulu para parar de fazer orações em suas reuniões, e ele foi atendido. Mas Todd Apo se afastou do cargo de presidente do conselho, e Kahle disse que as orações voltaram com o novo presidente Nestor Garcia.

Moralidade não significa obedecer a deus

Ótimo video do canal MatheusDalPizzol explicando a diferença entre a moralidade e obediência divina.

Descobertas dezesseis super-Terras, uma em zona habitável

Uma equipe de astrônomos do Observatório Europeu do Sul (ESO) anunciou a descoberta de mais de 50 novos exoplanetas, incluindo 16 super-Terras, uma das quais orbita no limite da zona de habitabilidade da sua estrela.


Estudando as propriedades de todos os planetas descobertos até agora pelo instrumento HARPS, usado pela equipe, a equipe descobriu que cerca de 40% das estrelas semelhantes ao Sol possuem pelo menos um planeta mais leve que Saturno.

"A colheita de descobertas obtida pelo HARPS excedeu todas as expectativas e inclui uma população excepcionalmente rica em planetas do tipo super-Terra e do tipo de Netuno [Netuno tem cerca de dezessete vezes mais massa que a Terra], que orbitam estrelas muito semelhantes ao nosso Sol. Mais ainda - os novos resultados mostram que a taxa de descobertas está aumentando," disse Michel Mayor, da Universidade de Genebra, na Suíça.

Nos últimos oito anos, desde que começou a observar estrelas do tipo do Sol utilizando o método das velocidades radiais, o HARPS foi usado para descobrir mais de 150 novos planetas.

Cerca de dois terços de todos os exoplanetas conhecidos com massas menores que Netuno foram descobertos pelo HARPS.

Fonte:
Inovação Tecnológica

domingo, 18 de setembro de 2011

Cientista sugere criar espécie de vida inorgânica

Um químico da Universidade de Glasgow, na Escócia, acredita ter dado os primeiros passos para criar uma espécie de "vida" usando componentes inorgânicos.

A química orgânica é definida como a química que lida com o elemento carbono, componente essencial da vida na Terra.

Em biologia, o termo orgânico é usualmente relacionado àquilo que é vivo, essencialmente carbono na forma de aminoácidos, nucleotídeos, açúcares etc. - assim, o mundo inorgânico é considerado como o mundo não-vivo, ou inanimado.

Mas, como Lee Cronin é químico, para ele "vida inorgânica" é uma forma de vida que não se baseia na química do carbono.

"O que nós estamos tentando fazer é criar células inorgânicas capazes de evoluir que poderão essencialmente ser consideradas vivas. Poderíamos chamar isso de biologia inorgânica", sugere ele.

"Vida é matéria em evolução"

Para Cronin, a questão começa com "Qual é a menor unidade de matéria que pode passar por uma evolução darwiniana?", mas também envolve questões mais filosóficas, como "O que é vida?"


Ele resolve a questão que tem desafiado filósofos há séculos, sugerindo que "vida é matéria capaz de evoluir".

Tudo o que é necessário fazer então para criar o nosso próprio "design inteligente" é construir unidades de matéria inorgânica com moléculas "capazes de se interessar por coisas e buscar essas coisas".

Na prática, Cronin afirma ter encontrado uma forma de criar "células químicas inorgânicas", que ele chama de iChells - uma junção de inorganic-chemical-cells).

Células inorgânicas

As primeiras células inorgânicas são pequenos aglomerados mantidos coesos por membranas internas que controlam a passagem de materiais e energia através deles.

A primeira delas é um pequeno aglomerado de compostos no qual é possível observar a cristalização de um fino túbulo em direção ao exterior, lembrando o brotar de uma raiz.

Com isto, vários processos químicos podem ser isolados dentro da mesma célula inorgânica, imitando o que ocorre em uma célula biológica.


Segundo Cronin, essas células podem acumular coisas interessantes, como eletricidade, o que as tornaria úteis para aplicações em medicina - como sensores, ou como carreadores de medicamentos e outros compostos químicos - mas também como minúsculos reatores capazes de executar reações químicas de interesse da indústria.

Tecnologia inorgânica viva

Agora falta torná-las compatíveis com a definição de vida do pesquisador, ou seja, fazê-las evoluir, o que exigirá uma etapa de autorreplicação - uma reprodução de células inorgânicas.

"O grande objetivo é construir células químicas complexas, com propriedades similares às da vida, que possam nos ajudar a entender como a vida emergiu, e também usar essa nova abordagem para criar novas tecnologias baseadas na evolução do mundo material, uma espécie de 'tecnologia inorgânica viva'," afirma Cronin.

"Se tivermos sucesso, isto nos dará ideias incríveis sobre a evolução e mostrará que ela não é apenas um processo biológico. E significará também que nós teremos provado que a vida não baseada em carbono pode existir. E irá redefinir totalmente nossas ideias sobre o design [inteligente]," afirmou ele em uma palestra para uma atenta audiência.

"Bactérias são essencialmente microorganismos unicelulares feitos de compostos químicos orgânicos. Ora, por que nós não podemos fazer microorganismos de compostos químicos inorgânicos e permitir que eles evoluam?" conclui ele.

Fonte:
Inovação Tecnológica

Grupo evangélico mantém 19 crianças presas em igreja há mais de 60 dias

Um grupo de 60 pessoas está há mais de três semanas vivendo isolados em uma igreja evangélica em Havana, capital de Cuba. Eles disseram que estariam dispostos a “morrer por Jesus”.


De acordo com a BBC, as autoridades locais disseram que não podem intervir pois os fieis estão lá por vontade própria. O governo mandou uma equipe médica para avaliar o grupo, que possui 19 crianças e quatro mulheres grávidas.

Alguns dos parentes das pessoas se mostram muito preocupados. De acordo com um familiar, eles dizem estar ‘dedicando suas vidas totalmente a Cristo’. Eles garantiram ainda que não pretendem voltar para casa.

O grupo é liderado pelo pastor Bráulio Herrera, que foi expulso de sua igreja há mais de um ano.

O filho do pastor fez um pronunciamento de dentro da igreja. “Como resultado do aumento do pecado em todo o país, e do crescimento da idolatria, adoração ao diabo e à homossexualidade, Deus chamou um grupo e nos pediu para orar até que nos peça para parar”, disse ele, segundo a BBC.

O líder da igreja evangélica cubana está trabalhando junto às autoridades para proteger a integridade física das pessoas no interior da igreja.

Um movimento dessa natureza nunca havia sido registrado antes em Cuba. No país, a prática religiosa é controlada pelo governo desde que o ditador Fidel Castro assumiu o governo, há mais de 40 anos.

Fonte:
The Christian Post

Padre Marcelo Rossi afirma que se Jesus vivesse nos dias de hoje, teria Facebook

Caso Jesus vivesse nos dias de hoje, ele estaria no Facebook, Twitter e em todos os meios de comunicação. Esta é a opinião do Padre Marcelo Rossi, um de seus divulgadores mais célebres e fã de redes sociais. Em entrevista, ele conta que seu novo disco novo, "Ágape Musical", é um esforço para divulgar a Igreja Católica, mas que a instituição deveria estar mais presente na internet.


"A Igreja tem que entender que ela tem que entrar nas redes sociais, este é o meu objetivo principal: tocar o jovem. Eles têm muita informação e pouca formação, não sabem nem o que prestar no vestibular... Como lidar com tanta informação? Este é o meu trabalho, evangelizar."

O padre conta que, dentre as redes sociais, prefere o Facebook e tem oito perfis lá. "Amo o Facebook. Tenho iPhone, então sempre mando mensagens por lá. Twitter não gosto muito, não interajo tanto com ele, mas o 'face' sou apaixonado. Onde estou, se estou no carro, estou sempre digitando", diz. Segundo o religioso, seu site tem mais de 2 milhões de e-mails inscritos em sua newsletter. "Tudo isso ajuda, é um meio de comunicação, é o nosso marketing", diz.

Fonte:
D24AM

Dalai Lama rejeita diálogo entre ciência e budismo

O segundo dia de visita de Tenzin Gyatso, o 14º Dalai Lama, ao Brasil foi marcado por amplo debate entre o líder budista tibetano e a comunidade científica. Curiosamente, o monge - condecorado com o Prêmio Nobel da Paz em 1989 e promotor de várias iniciativas em torno do diálogo intercultural e multidisciplinar - rejeitou a convergência entre ciência e religião durante simpósio que trazia como tema justamente a discussão dos estados de consciência e o encontro entre o saber tradicional e o científico.


"Acredito que não deveríamos misturar a pesquisa científica, a crença religiosa e a parte ética. Deveriam ser coisas separadas", defendeu o líder espiritual de 76 anos antes de abrir um parêntese: "Dentro do budismo, a gente se ocupa com o treinamento da mente e, por isso, é importante compreender o seu funcionamento".

O Dalai Lama chegou quinta-feira a São Paulo, para participar de um ciclo de palestras organizadas pela Associação Palas Athena no World Trade Center paulistano. A primeira exposição teve como tema A Nova Consciência nos Negócios - Valores para um Mundo Sustentável.

Ontem, além de discutir estados de consciência com os neuropsicólogos Adrian Owen (da Universidade de Cambridge, na Inglaterra) e Caroline Schnakers (da Universidade de Liége, na Bélgica), o líder espiritual tibetano respondeu a cinco perguntas sorteadas durante entrevista coletiva à imprensa e participou de painel sobre Práticas Contemplativas, Cérebro e Emoções, explanado por mestres da USP, do King's College de Londres e da Emory University, nos Estados Unidos.

Assuntos como tolerância religiosa e a importância da compaixão para a paz mundial deverão ser abordados. "Todas as religiões pregam a mesma mensagem de compaixão, disciplina e perdão. Se houvesse apenas uma religião no mundo, ela não iria funcionar, porque as pessoas têm conformações mentais diferentes", disse o monge ontem à plateia, formada por personalidades como o rabino Henri Sobel. E completou: "É claro que dentro da religião vamos encontrar a prece, a meditação, mas a verdadeira prática religiosa ocorre quando você a incorpora no dia a dia, mantendo sua mente desperta de forma a lembrar que tem uma crença antes de se deixar levar pela raiva, apego ou medo".

Esta é a quarta vez que Tenzin Gyatso vem ao Brasil. O País é sua última escala na América Latina após visitas ao México e à Argentina, onde declarou estar contente por delegar suas atividades políticas a Lobsang Sangay, recém-eleito chefe do Governo Tibetano no Exílio.

Fonte:
Diário do Grande ABC

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Bispo Edir Macedo faz video comparando cultos com centros espíritas

O bispo Edir Macedo publicou em seu canal do Youtube um video em que ele compara cultos de pastores famosos com manifestações em centros de umbanda.

Pregadores Mirins - O Melhor do NatGeo

Novo programa do NetGeo conta a história de três crianças fora do comum que estão promovendo uma guerra contra os pecadores, em nome de Jesus.


No Mississippi, Kanon Tipton tem quatro anos de idade. Muito novo para ler ou escrever, é conhecido como o pregador religioso mais novo do mundo.

No Rio, Matheus Moraes vem pregando o evangelho desde que tinha seis anos de idade. Hoje com 12, ele continua sua caminhada pelo Brasil convertendo ladrões, traficantes e membros de gangues.

Na Flórida, Terry Durham afima ser o mais novo pastor da ordem do mundo. Muitos acreditam que ele pode curar os doentes com um simples toque.

Seriam estas crianças uma força do bem na luta espiritual contra o mal? Ou eles são o resultado de pais fanáticos, e congregações desesperadas por milagres?

Horários de exibição no site do NetGeo.

Para quem não tem assinatura do canal, pode conferir neste site.

A chamada do programa, que está sendo exibido durante a programação do canal, me fez lembrar de uma pergunta feita por Bill Maher ao pastor Jeremiah Cummings, em seu documentário "Religulous", onde ele diz durante a entrevista: "O que você pensa sobre uma religião, e o quão séria ela é, se você pode ser pastor aos 10 anos?"

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Cientistas têm nova teoria para explicar origem de estrelas

Dados obtidos no observatório Herschel da agência espacial europeia (ESA) levam cientistas a acreditar que a colisão entre galáxias não é necessária para causar o nascimento de estrelas, conforme se pensava antes. O Herschel observou mais de mil galáxias no universo a diferentes distâncias da Terra. O telescópio tem a capacidade de detectar luz infravermelha. Isso lhe permite registrar o nascimento de estrelas de maneira nunca antes alcançada.


Cientistas já sabiam que a fase com a maior formação de estrelas no universo foi há cerca de 10 bilhões de ano. À época, se formavam cerca de 100 vezes mais estrelas do que hoje. Mas acreditava-se que era a colisão entre galáxias que gerava o nascimento de novos astros. Agora, percebe-se que estrelas muito antigas se formaram de forma diferente.

As análises mostraram que o nascimento de estrelas depende da quantidade de gases que elas possuem mais do que o fato de ocorrerem colisões. Os gases são a matéria prima dos astros e cientistas concluíram, simplesmente, que quanto mais gás uma estrela possui, mais estrelas ela é capaz de gerar. Apenas nas galáxias com pouco gás disponível, as colisões são necessárias.

Fonte:
Terra

Vítimas de pedofilia denunciam papa para tribunal internacional

Uma associação americana de vítimas de padres pedófilos anunciou nesta terça-feira ter apresentado uma queixa ante o TPI (Tribunal Penal Internacional) contra o papa Bento 16 e outros dirigentes da Igreja católica acusando-os de crimes contra a humanidade.


Os dirigentes da associação SNAP (Rede de Sobreviventes de Abusados por Padres, na sigla em inglês), orientados pelos advogados da ONG americana "Centro para Direitos Constitucionais", entraram com uma ação para que o papa seja julgado por "responsabilidade direta e superior por crimes contra a humanidade por estupro e outras violências sexuais cometidas em todo o mundo".

A organização acusa o chefe da Igreja católica de "ter tolerado e ocultado sistematicamente os crimes sexuais contra crianças em todo o mundo". Foram acrescentadas à queixa 10 mil páginas de documentação de casos de pedofilia.

A SNAP possui membros nos Estados Unidos, Alemanha, Holanda e Bélgica, quatro países muito afetados pelo grande escândalo de pedofilia que envolve a Igreja.

"Crimes contra a dezenas de milhares de vítimas, a maioria crianças, foram escondidos pelos líderes nos mais altos níveis do Vaticano. Neste caso, todos os caminhos levam a Roma", declarou a advogada Pamela Spees.

Os bispos e, em alguns casos, o próprio Vaticano, rejeitaram ou ignoraram muitas das queixas das vítimas de padres pedófilos. O escândalo desacreditou a Igreja em vários países na Europa.

Bento 16 expressou sua vergonha e pediu desculpas, apelando para a tolerância zero contra os pedófilos. Ele também pediu aos bispos do mundo, que têm a responsabilidade primária sobre seus sacerdotes, a plena cooperação com os tribunais criminais.

Fonte:
Folha.com

Em Cuba, 60 evangélicos se trancam em templo à espera do fim do mundo

Em Havana (Cuba), o pastor Braulio Herrera Tito, da Assembleia de Deus, e mais de 60 seguidores se trancaram em um templo no dia 21 de agosto à espera do tsunami que, acreditam, vai destruir o mundo nos próximos dias. Eles creem que Jesus vai salvá-los, levando-os para o céu.


O clima é tenso. Autoridades temem que ocorra um suicídio em massa e tentam negociar com o pastor a liberação dos fiéis. Entre eles, há 19 crianças e quatro mulheres grávidas que deixaram de receber acompanhamento médico.

William Herrera, filho do pastor, disse a um jornalista por telefone que “não há nada para negociar”.

Nesses 23 dias, os evangélicos passam o tempo todo orando. A polícia cercou o local para afastar curiosos, jornalistas e parentes dos evangélicos. Entre os policiais, há atiradores de elite.

A blogueira Yoani Sanchez escreveu na sexta-feira (9) no Twitter que sigue tensa situacion alrededor da la iglesia. Ela informou que os evangélicos estavam se alimentando de pizza.

Hector Hunter, presidente da Assembleia de Deus em Cuba, disse que Braulio foi afastado de suas atividades em 2010 por “razões internas” e que a sua expulsão já tinha sido decidida antes dele trancafiar os fiéis.

No domingo (11), o governo emitiu nota admitindo estar preocupado com a “situação incomum” e que tem agido de forma que todos saiam vivos do templo.

De acordo com a CBS News, um dirigente da AD teme que ocorra algo parecido com o que houve em Waco. Em 1993, nessa cidade do Texas (EUA), o fanático religioso David Koresh, sitiado por agentes do FBI, incendiou o prédio onde ele e seguidores estavam. Morreram mais de 60 pessoas, incluindo crianças e mulheres grávidas.

O número de evangélico em Cuba cresceu de 70 mil na década de 90 para 800 mil atualmente. Um dos motivos desse avanço seria a prolongada crise econômica do país, a qual estaria levando as pessoas a recorrer aos milagres prometidos pelos pastores. Cuba tem 11 milhões de habitantes.

Fonte:
Paulopes

MPF denuncia bispo Edir Macedo e mais três por lavagem de dinheiro

O MPF denunciou Edir Macedo, Alba Maria Silva da Costa, João Batista Ramos da Silva e Paulo Roberto Gomes da Conceição pelo crime de quadrilha para a prática de crimes de estelionato, falsidade ideológica, evasão de divisas e lavagem de dinheiro, na forma de organização criminosa, conforme previsto na Convenção de Palermo, ratificada pelo Brasil em 2004.


Os quatro são acusados de duas modalidades de evasão de divisas: na qualidade de administradores da Iurd, por manterem as contas no Exterior sem declará-las às autoridades, e por promoverem a saída do dinheiro do Brasil para o Exterior.

Ao fazerem modificações nos contratos sociais das empresas que foram fiscalizadas pela Diretoria Executiva da Administração Tributária, da Fazenda Estadual Paulista, conforme apurado pelo Ministério Público Estadual, de forma diversa da registrada na Junta Comercial de São Paulo, para ocultar sócios dos empreendimentos, os quatro são acusados de falsidade ideológica.

O estelionato praticado contra os fiéis da Igreja é o crime antecedente da lavagem de dinheiro. A lavagem ocorria por dois meios: através das remessas realizadas ao exterior pela Diskline e pela realização de operações comerciais e financeiras no Brasil usando a Cremo Empreendimentos Ltda como empresa de fachada.

O Procurador da República Silvio Luís Martins de Oliveira também encaminhou cópia da denúncia à área Cível da Procuradoria da República em São Paulo, solicitando que seja analisada a possibilidade de cassação da imunidade tributária da Iurd.

Fonte:
Rondonoticias

Justiça condena igreja a pagar R$ 100 mil a fiel chamada de adúltera

Um pastor cearense e uma igreja evangélica foram condenados pela Justiça a indenizar em R$ 100 mil uma fiel chamada de 'adúltera' durante culto religioso. A igreja terá de pagar R$ 50 mil e o pastor, a outra metade. "A injúria ocorreu dentro da igreja, perante fiéis, por isso o pastor e instituição foram condenados", explica o advogado da mulher, Odécio Sousa Marques. A decisão, em primeira instância, foi publicada no Diário da Justiça no dia 9 de agosto e é passível de recurso.

De acordo com os autos, o pastor teria cometido o crime de injúria em 2001 durante culto. Além de chamá-la de adúltera, o pastor afirmou que a mulher havia mantido relacionamento sexual com o próprio filho. A fiel entrou com uma ação na Justiça alegando que teve a “vida exposta à execração pública”, o que teria gerado danos morais.

O advogado do pastor, Enísio Gurgel, nega as acusações. “Meu cliente não declarou nada, isso é fruto de uma briga interna da igreja”, diz Gurgel. O advogado destaca ainda que a suposta acusação foi “criada” por um grupo de pastores da mesma igreja com o objetivo de denegrir seu cliente.

Gurgel afirma que tem provas de que as acusações foram “inventadas” e vai pedir o embargo da decisão. “Ela (a vencedora da causa em primeira instância) nem sequer ouviu nada do pastor, foi só um 'disse que me disse'”, defende o advogado.

Na decisão, o juiz Carlos Alberto Sá da Silveira, da 6ª Vara Cível de Fortaleza, considerou que há provas dos crimes de injúria e difamação coletadas a partir de testemunhos de pessoas que teriam presenciado o fato. O juiz entendeu também que as provas produzidas em defesa do pastor são insuficientes para contrariar o argumento da fiel que se sentiu injuriada.

Fonte:
G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

 
Design by Wordpress Themes | Bloggerized by Free Blogger Templates | Macys Printable Coupons